Suscetibilidades e problemas de saúde de mulheres grávidas: cuidados adotados na Estratégia Saúde da Família

Daniela do Carmo Oliveira, Edir Nei Teixeira Mandú

Resumo


RESUMO

Objetivo: analisar condutas pré-natais da Estratégia Saúde da Família (ESF) adotadas em situações com possíveis repercussões negativas para a mulher e/ou o concepto. Método: estudo descritivo, de abordagem qualitativa, realizado em cinco ESF, a partir de entrevista aberta com médicos e enfermeiros, consulta a registros pré-natais e observação participante de consultas. A análise das informações foi realizada pela Técnica de Análise de conteúdo na modalidade Análise Temática. Resultados: as condutas coadunam-se com a perspectiva de risco privilegiada no pré-natal; abrangem a vinculação da mulher ao pré-natal especializado e orientações sobre a classificação de maior risco e o encaminhamento feito. O acompanhamento conjunto da mulher referenciada e a oferta de ações de apoio à família são assistemáticos, transferindo-se a responsabilidade do cuidado ao serviço de referência e à própria mulher. Conclusão: as condutas revelam-se limitadas na perspectiva dos determinantes sociais da saúde reprodutiva e da produção da autonomia das mulheres. Descritores: Cuidado Pré-Natal; Gravidez de Alto Risco; Vulnerabilidade em Saúde; Saúde Reprodutiva; Estratégia Saúde da Família.

ABSTRACT

Objective: to analyze prenatal procedures of the Family Health Strategy (ESF) adopted in situations with possible negative repercussions for the woman and/or the baby. Method: this study is descriptive with a qualitative approach, carried out in five ESF, from an open interview with doctors and nurses, consultation with prenatal records, participant observation of consultations. The analysis of the information was performed by the Content Analysis Technique in the Thematic Analysis modality. Results: the behaviors are consistent with the perspective of privileged risk in prenatal care. There is the bond with the women to specialized prenatal care and guidance on the classification of higher risk and referral. The joint monitoring of the referenced woman and the offer of actions to support the family are non-systematic, transferring the responsibility of care to the referral service and the woman. Conclusion: Behaviors are limited from the perspective of the social determinants of reproductive health and the production of women's autonomy. Descriptors: Prenatal Care; Pregnancy, High-Risk; Health Vulnerability; Reproductive Health; Family Health Strategy.

RESUMEN

Objetivo: analizar conductas prenatales de la Estrategia Salud de la Familia (ESF) adoptadas en situaciones con posibles repercusiones negativas para la mujer y/o el babé. Método: estudio descriptivo, de enfoque cualitativo, realizado en cinco ESF, a partir de entrevista abierta con médicos y enfermeros, consulta a registros prenatales, observación participante de consultas. El análisis de las informaciones fue realizado por la Técnica de Análisis de contenido en la modalidad Análisis Temática. Resultados: las conductas están em línea com la perspectiva de riesgo privilegiada en el prenatal. Enfocan la vinculación de la mujer al prenatal especializado y orientaciones sobre la clasificación de mayor riesgo y las indicaciones hechas. O acompanhamento conjunto da mulher referenciada e a oferta de ações de apoio à família são assistemáticos, transferindo-se a responsabilidade do cuidado ao serviço de referência e à própria mulher. Conclusão: as condutas revelam-se limitadas da perspectiva dos determinantes sociais da saúde reprodutiva e da produção da autonomia das mulheres. Descriptores: Atención Prenatal; Embarazo de Alto Riesgo; Vulnerabilidad en Salud; Salud Reproductiva; Estrategia de Salud Familiar.


Palavras-chave


Cuidado Pré-Natal; Gravidez de Alto Risco; Vulnerabilidade em Saúde; Saúde Reprodutiva; Programa Saúde da Família.

Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: https://doi.org/10.5205/1981-8963-v11i5a23326p1798-1809-2017



Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

INDEXADORES E BASES BIBLIOGRÁFICAS:

 doajPeriódicoscapes

bvs elsevier nlm diadorim periodicaabec

 

cinahl citefactor cuidenplusb socolar ulrichs sumarios