Integrality in nursing care to premature newborn interned in intensive care unit: a historical-critical-axiological reflection

Iris Lima Silva, Eunice da Fonseca Pinto, Mira Célia Bevenuto, Heron Beresford

Resumo


ABSTRACT

Objective: to carry out a critical-historical-axiological correlation, among the conceptual aspects of integrality, as a principle, and the nursing care to premature newborn interned in an Newborn Intensive Care Unity (NICU), so as to assure them an integral and humanized assistance. Methodology: an exploratory study operationalized by means of a bibliographic research was chosen to ensure the achievement of the described object, culminating with an ontognoseological or critical-historical-axiological reflection and dialectics, which presuppose a subjetive-objetive correlation in the cognoscitive act. Results: the principle of Integrality indicates that, in the nursing care to pre-term babies interned in UTINS, as complex Beings, in addition to the anatomical-physiological knowledge about the disease, other needs of a different nature than that those they present must be taken into account for the consequent practice of a good medicine. Conclusion: the historical-axiological meanings of the principle of Integrality are revealed as essential in the nursing assistance to premature newborn interned in an NICU, revealing as of essential interest and, therefore, as a value to the health of such beings. Descriptors: nursing care; newborn; newborn intensive care unity; nursing; infant; hospitalization; desease.

RESUMO

Objetivo: efetuar uma correlação crítico-histórica-axiológica entre os aspectos conceituais da integralidade, como um princípio, e os cuidados de enfermagem a neonatos prematuros internados em unidades de terapia intensiva neonatal (UTIN), de forma a garantir a estes uma assistência integral e humanizada. Metodologia: estudo exploratório operacionalizado por meio uma pesquisa bibliográfica, culminando com uma reflexão ontognoseológica ou crítico-histórica-axiológica e dialética, que pressupõe uma correlação subjetivo-objetiva no ato cognoscitivo. Resultados: o princípio da Integralidade indica que nos cuidados de enfermagem a bebês prematuros internados em UTINS se leve em conta, além do conhecimento anátomo-fisiológico sobre a doença, outras carências de diferentes naturezas que aqueles, como Seres complexos, apresentem, para a conseqüente prática de uma boa medicina. Conclusão: os significados histórico-axiológicos do princípio da Integralidade se revelaram como essenciais na assistência da enfermagem a neonatos prematuros internados em UTIN, revelando-se como de fundamental interesse e, portanto, como um valor para a saúde de tais entes. Descritores: cuidados da enfermagem; neonatos; unidades de terapia intensiva; enfermagem; prematuro; hospitalização; doença.

RESUMEN

Objetivo: correlacionar los aspectos conceptuales de la integralidad como principio y los cuidados de enfermería a los neonatos prematuros internados en Unidades de la terapia intensiva neonatales (UTIN)  para garantizar a éstos una asistencia integral y humana. Metodologia: un estudio exploratorio operacionalizado mediante una búsqueda bibliográfica y se llegó a una reflexión ontognoseológica o crítico-histórica-axiológica y dialéctica, que implica una correlación subjetiva-objetiva en el acto cognitivo. Resultados: el principio de la Integralidad indica que en los cuidados de enfermería a bebes prematuros internados en UTINS se considere, además  del conocimiento anatomo-fisiológico sobre la enfermedad, otras carencias de diferentes naturalezas que aquellos, como Seres complejos, presenten, para la consiguiente practica de una buena medicina. Conclusiones: los significados histórico-axiológicos del principio de integralidad son esenciales en la asistencia de enfermería a los neonatos prematuros internados en UTIN, de fundamental interés y, por lo tanto, un valor para la salud de tales sujetos. Descriptores: cuidados de enfermería; neonatos; unidades de terapia intensiva; enfermería; prematuro; hospitalização; doença.

 

 


Palavras-chave


cuidados da enfermagem; neonatos; unidades de terapia intensiva; enfermagem; prematuro; hospitalização; doença

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5205/reuol.797-7310-1-LE.0402201057



Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

INDEXADORES E BASES BIBLIOGRÁFICAS:

 doajPeriódicoscapes

bvs elsevier nlm diadorim periodicaabec

 

cinahl citefactor cuidenplusb socolar ulrichs sumarios