ANÁLISE DO RELEVO DA BACIA HIDROGRÁFICA DO AÇUDE EPITÁCIO PESSOA

Josiclêda Domiciano Galvíncio, Franciso de Assis Salviano de Sousa, Vajapeam S. Shirinivasan

Resumo


O relevo de uma bacia tem grande influência sobre os fatores climáticos/meteorológicos e hidrogeográfricos/hidrológicos, pois a velocidade de escoamento superficial é determinada pela declividade do terreno, enquanto que os valores das variáveis: temperatura, precipitação e evaporação são influenciados pela altitude da bacia hidrográfica. Por outro lado, eventos hidrológicos individuais podem ocasionar efeitos drásticos na morfologia da bacia hidrográfica. Diante do exposto, o objetivo deste estudo é o de efetuar a análise do relevo da bacia hidrográfica do açude Epitácio Pessoa, usando modelos digitais de elevação, como forma de auxiliar os estudos relacionados à gestão dos recursos hídricos da bacia. Pelo uso de técnicas de geoprocessamento e de sistemas de informações geográficas (SIG) foi possível efetuar a análise do relevo da bacia. Os resultados mostraram que a bacia em estudo exibe áreas com declividades suaves em grande parte do terreno, isso faz com que a velocidade do escoamento superficial seja baixa. A vantagem desse tipo de declive é o favorecimento de trabalhos com máquinas agrícolas. Em alguns tipos de solos, especificamente o da bacia em estudo, o processo erosivo mais acentuado praticamente não ocorre. Outra vantagem é que a bacia possui baixa susceptibilidade a inundações. Em tempo, apesar de as bases globais apresentarem resultados satisfatórios não se deve deixar de investir em levantamentos de campo. Levantamentos com maior precisão sempre serão preferíveis, porém, em lugares onde não existirem tais dados, verificou-se que a utilização das bases globais em problemas de recursos hídricos é viável.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


INDEXADORES E BASE DE DADOS

 

DOAJLATINDEX
ROADDRJI
PERIÓDICOS CAPES