ASSOCIAÇÕES ENTRE ESPÉCIES HERBÁCEAS EM UMA ÁREA DE CAATINGA DE PERNAMBUCO

Vanya de Fraga Pereira, Elcida de Lima Araújo, Kleber Andrade da Silva, Elifábia Neves de Lima, Juliana Ramos de Andrade, Rejane Magalhães de Mendonça Pimentel

Resumo


A identificação de associações entre espécies herbáceas em uma área de caatinga, visando contribuir sobre o conhecimento das características ecológicas do componente herbáceo do bioma, foi realizada na Estação Experimental de Pesquisa Agropecuária–IPA, em Caruaru-PE. Parcelas foram distribuídas entre microhabitats plano, rochoso e ciliar; todas as espécies herbáceas presentes nas parcelas foram identificadas taxonomicamente e a freqüência de ocorrência foi quantificada. Uma matriz de combinação espécie-espécie foi produzida para o cálculo dos coeficientes de associações entre as espécies. Um total de 62 espécies herbáceas foi registrado: 35 no microhabitat plano, 36 no ciliar e 51 no rochoso. Das 53 espécies amostradas, 12 foram exclusivas em cada microhabitat e 16 foram comuns aos três microhabitats. Apenas 18% das combinações de espécies apresentaram associações significativas. Nenhuma associação foi totalmente nula, mas a intensidade das associações negativa foi fraca. Associações de intensidade medianas e fortes foram mais freqüentes quando positivas. Do ponto de vista estatístico ocorrem correlações entre espécies herbáceas na vegetação. Entretanto, o sentido biológico das mesmas não pode ser explicado apenas com as informações coletadas neste estudo, sendo necessário o desenvolvimento de mais investigações para testar a independência ou dependência biológica das associações entre as espécies.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


INDEXADORES E BASE DE DADOS

 

DOAJLATINDEX
ROADDRJI
PERIÓDICOS CAPES