AVALIÇÃO DO POTENCIAL EÓLICO EM CINCO REGIÕES DO ESTADO DA PARAÍBA.

Francisco José Lopes de Lima, Enilson Palmeira Cavalcanti, Enio Pereira de Souza

Resumo


Neste trabalho foram utilizados dados horários de velocidade e direção do vento a 10 m de altura de cinco estações climatológicas pertencentes ao Instituto Nacional de Meteorologia, no período de janeiro de 1977 a dezembro de 1981. As estações são: São Gonçalo, Monteiro, Patos, Campina Grande e João Pessoa. O objetivo foi estudar a variação da velocidade e direção do vento, bem como determinar a densidade de potência eólica das estações selecionadas. Para tanto, identificou-se o perfil do vento para alturas a 50 m e 110 m e, a partir daí, os parâmetros da distribuição de Weibull para a determinação da densidade de potência eólica anual média. Concluiu-se que a direção predominante nas cinco estações é de leste com variações entre nordeste e sudeste. A região com maior potencial eólico é verificada em Campina Grande com bons resultados de densidade de potência eólica, enquanto que em São Gonçalo se mostrou com baixos valores.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


INDEXADORES E BASE DE DADOS

 

DOAJLATINDEX
ROADDRJI
PERIÓDICOS CAPES