UTILIZAÇÃO DA FOTOCOMPARAÇÃO NA REABILITAÇÃO DE ÁREAS DEGRADADAS POR EROSÃO, A PARTIR DE UMA ESTAÇÃO EXPERIMENTAL, UBERLÂNDIA – MG

José Fernando Rodrigues Bezerra, Antônio José Teixeira Guerra, Silvio Carlos Rodrigues

Resumo


As estações experimentais vêm utilizando diversos métodos no estudo sobre o entendimento da dinâmica da natureza, dentre elas, a fotocomparação que constitui uma importante técnica no acompanhamento do desenvolvimento da vegetação, imprescindível nos trabalhos de reabilitação de áreas degradadas por erosão. A estação experimental em análise possui duas parcelas com 10 m2 cada, uma com Solo Exposto (SE) e outra com Geotêxteis e Gramíneas (SG). Este trabalho tem como objetivo avaliar as taxas de desenvolvimento da cobertura vegetal na parcela com geotêxteis, através da utilização de fotografias horizontais do mesmo ponto e o tratamento dessas fotografias através da classificação supervisionada. Como resultado dessa técnica foram obtidas dezessetes fotografias horizontais do mesmo ponto. O menor intervalo de crescimento da cobertura vegetal foi observado no início da germinação das sementes, atingindo uma taxa de ocupação de apenas 1,1%, no dia 04 de dezembro de 2006 da superfície, após duas semanas do plantio. Isso ocorreu devido às características das gramíneas utilizadas, que necessita deste período para germinar. A maior taxa de cobertura vegetal foi observada entre os dias 03 e 08 de fevereiro de 2006, ocupando cerca de 30,7% da área e subindo para 47,1% em menos de uma semana.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


INDEXADORES E BASE DE DADOS

 

DOAJLATINDEX
ROADDRJI
PERIÓDICOS CAPES