Dinâmicas territoriais dos nodais nordestinos do transporte rodoviário de carga

Daniel Monteiro Huertas

Resumo


Em análise estruturada a partir da teoria do espaço geográfico, este artigo pretende demonstrar as peculiaridades e dinâmicas territorias que corroboram a inserção dos eixos nodais cearense e Salvador-Feira de Santana, do quadrilátero PE-PB (Recife-João Pessoa-Campina Grande-Caruaru) e do ponto nodal de Mossoró (RN) como centralidades da rede geográfica do transporte rodoviário de carga, cuja configuração territorial é composta por linhas e nodais que em seu conjunto expressam a organização e estruturação desta atividade na formação socioespacial brasileira e evidenciam um processo de seletividade espacial que privilegiou certos pontos e áreas em detrimento de outros, demarcado pela concentração e atuação de seus agentes.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


INDEXADORES E BASE DE DADOS

 

DOAJLATINDEX
ROADDRJI
PERIÓDICOS CAPES