RELAÇÃO ENTRE PARÂMETROS HÍDRICOS E MORFOANATÔMICOS FOLIARES E O COMPORTAMENTO ESPECTRAL DE ESPÉCIES DA CAATINGA UTILIZANDO IMAGEM DE SATÉLITE (THEMATIC MAPPER LANDSAT 5)

Célia Cristina Clemente Machado, Priscila Gomes Corrêa, Josiclêda Domiciano Galvíncio, Rejane Magalhães de Mendonça Pimentel

Resumo


O conhecimento da interação entre a radiação eletromagnética e a vegetação permite interpretar dados de sensoriamento remoto, que por sua vez possibilita mapear e monitorar a vegetação de extensas áreas a baixo custo. Este trabalho teve por objetivo avaliar o comportamento espectral entre espécies diferentes e confirmar relações estatísticas entre o seu comportamento espectral e parâmetros hídricos e morfoanatômicos foliares. Para tal, foram coletadas amostras foliares de espécies em áreas homogêneas localizadas na zona da Bacia Hidrográfica do Rio Moxotó. A partir do material coletado foram obtidos vários parâmetros do estado hídrico das plantas e foram realizadas diversas análises anatômicas. As medidas espectrais foram realizadas em imagem do mapeador temático do satélite Landsat 5 com passagem próxima da data de coleta. Foi observado que a banda 3 apresentou correlação linear com todos os parâmetros do estado hídrico, a banda 4 apresentou correlação linear com o PWC e %LWC, as bandas 1, 2, 3 e 5 apresentaram correlação linear com o LWC. Em relação às medidas morfoanatômicas, observaram-se relações estatisticamente significativas entre as bandas 2 e 3 e a espessura total da folha e entre a banda 4 e a espessura da cutícula e a face abaxial da epiderme.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


INDEXADORES E BASE DE DADOS

 

DOAJLATINDEX
ROADDRJI
PERIÓDICOS CAPES