PROPOSTA DE PADRONIZAÇÃO DOS CONCEITOS DE EROSÃO EM AMBIENTES ÚMIDOS DE ENCOSTA

Felipe Gomes Rubira, Georgea do Vale de Melo, Filipe Kallás Suhadolnik de Oliveira

Resumo


Este artigo baseou-se em reflexões teóricas sobre os processos erosivos e feições erosivas: os tipos, os fatores condicionantes e as causas de formação. A metodologia utilizada foi a pesquisa bibliográfica (congressos, periódicos, livros, dissertações e teses). Objetivou-se apresentar uma proposta de padronização quanto à conceituação das diversas formas de erosão presenciadas em ambientes úmidos de encostas com base em Conciani (2008). Quanto as conceituações dos tipos de erosões, verificou-se que se apresentam de forma ampla e às vezes generalizada, necessitam rapidamente que se crie um consenso destes termos entre a comunidade científica, uma padronização dos grupos. Esta pesquisa propõe que os tipos de erosões mais atuantes em climas úmidos sejam conceituados de acordo com a especificidade dos processos de formação, sendo definidos como: erosão pluvial por arrastamento; fluvial; interna; linear e laminar. 


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


INDEXADORES E BASE DE DADOS

 

DOAJLATINDEX
ROADDRJI
PERIÓDICOS CAPES