A FORMAÇÃO DE CONCEITOS EM MOVIMENTOS DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA: TESSITURAS EXPERIENCIAIS DO PIBID-GEOGRAFIA

Francisco Kennedy Silva dos Santos, Valdemira Pereira Canêjo, Josias Ivanildo Flores de de Carvalho, Laryssa de Aragão Sousa

Resumo


Este trabalho tem como proposta apresentar os resultados empreendidos a partir de uma experiência de formação à docência no âmbito do Subprojeto PIBID-Geografia da UFPE. A prática aqui evidenciada e articulada com elementos de cunho teórico, pedagógico e metodológico é produto do Projeto “Cartografia Social como linguagem no processo de ensino e aprendizagem em Geografia”, onde visa desenvolver com os alunos um novo olhar de ler e observar seu meio de forma crítica, reflexiva e situada. A iniciativa visou colaborar com o aprendizado e com proposições reflexivas para a formação de conceitos, em particular os associados diretamente a ciência geográfica. O trabalho sinalizou que é possível uma ação crítica, conduzindo o aluno a uma autonomia vinculada a sua realidade. Diante desta premissa, construir com autonomia sua realidade é descortinar as problemáticas vigentes do cotidiano e dos elementos que ilustram o desenvolvimento local e as atividades do lugar.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


INDEXADORES E BASE DE DADOS

 

DOAJ
ROADDRJI

PERIÓDICOS CAPES

 

 

 

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License.

Autores que publicam nesta revista concordam com os seguintes termos: a) Autores mantém os direitos autorais e concedem à  revista o direito de primeira publicação, com o trabalho licenciado sob a Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional. b) Autores têm permissão e são estimulados a publicar e distribuir seu trabalho online (ex.: em repositórios institucionais ou na sua página pessoal), já que isso pode gerar alterações produtivas, bem como aumentar o impacto e a citação do trabalho publicado. c) Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de uso gratuito, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais.