PROJEÇÃO DAS CHUVAS PARA O TRIÂNGULO MINEIRO UTILIZANDO DADOS DE MODELAGEM CLIMATICA

Fábio Sanches, Ricardo Vicente Ferreira

Resumo


Modelos climáticos têm sido amplamente usados visando à projeção de possíveis condições climáticas futuras devido às mudanças climáticas. O objetivo do trabalho foi avaliar a capacidade do modelo HadCM3/Eta/CPTEC em representar os dados pluviométricos para a região do Triângulo Mineiro até meados do século XXI. O modelo gerou dados de precipitação para os time-slices 1961-1990 e 2011-2040, os quais foram comparados aos dados observados nos postos do INMET de Uberaba e Capinópolis. A validação dos dados do modelo foi feita por meio de análise estatística, aplicação de testes estatísticos (Correlação de Pearson e Teste t de Student) e a tendência dos dados futuros, avaliada por meio do Teste de Mann-Kendall. Os resultados sugerem tendência de aumento nos valores pluviométricos para os meses de julho até meados do século XXI, em ambos os postos estudados. O aumento dessas precipitações estaria relacionado a mudanças no Sistema de Monções da América do Sul (SMAS), intensificando fenômenos frontais estacionários, devido ao aumento das temperaturas projetadas para meados do século XXI.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


INDEXADORES E BASE DE DADOS

 

DOAJLATINDEX
ROADDRJI
PERIÓDICOS CAPES