UNIDADES DE CONSERVAÇÃO: ABORDAGENS E CARACTERÍSTICAS GEOGRÁFICAS

Márcio Balbino Cavalcante

Resumo


O livro “Unidades de Conservação: Abordagens e características geográficas”, em questão, associa em sua discussão a tríade da Geografia Física, Geografia Humana e Ecologia Política, objetivando a compreensão das Unidades de Conservação (UCs) como territórios “vividos e “usados” e do campo de proteção da biodiversidade, a partir dos estudos de grupos sociais e da investigação de estratégias, práticas sociais e exercícios de poder, incluindo contradições, conflitos e negociação entre os atores e grupos sociais e esses espaços territoriais protegidos. Diante do contexto, a presente obra, que tem como organizadores os geógrafos-pesquisadores: Antonio José Teixeira Guerra e Maria Célia Nunes Coelho, reúne múltiplas pesquisas em UCs no âmbito da ciência geográfica, demonstrando que os profissionais geógrafos, particularmente auxiliados pelas ciências afins, podem contribuir para a compreensão das construções físicas, sociais e políticas ocorridas no contexto dos estudos das relações entre natureza e populações, sob perspectivas física, social, cultural e político-geográfica.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


INDEXADORES E BASE DE DADOS

 

DOAJLATINDEX
ROADDRJI

PERIÓDICOS CAPES