A expansão urbana de Garanhuns-PE entre 1811 e 2016 e suas implicações socioambientais

Antonio Benevides Soares, Adriano Lima Troleis

Resumo


Ao longo de sua história a cidade de Garanhuns passou por processos dinamizadores da economia que intensificaram a expansão urbana e geraram diversas implicações socioambientais, especialmente nos recursos hídricos presentes no ambiente urbano. Diante disso, este artigo teve como objetivo analisar a expansão urbana de Garanhuns-PE entre 1811 e 2016 considerando as implicações socioambientais desse processo em nascentes presentes no meio urbano. O estudo promoveu uma caracterização do meio físico com destaque aos aspectos relevantes ao processo de ocupação e a partir disso também caracterizou a expansão de Garanhuns com foco no uso e na ocupação no entorno das áreas de nascentes, produzindo assim, um mapa síntese dos diferentes períodos de evolução da mancha urbana de Garanhuns entre 1811 e 2016.


Palavras-chave


Expansão urbana; Nascentes; Garanhuns-PE.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




INDEXADORES E BASES BIBLIOGRÁFICAS:

          

         

    

 

 

 

 

REVISTA MOVIMENTOS SOCIAIS E DINÂMICAS ESPACIAIS (ISSN: 2238-8052)

Programa de Pós-graduação em Desenvolvimento e Meio Ambiente

Departamento de Ciências Geográficas, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Cidade Universitária, Av. Prof. Moraes Rego, n. 1235, CEP: 50670-901, Recife, Pernambuco, Brasil

Tel.: +55 (81)2126-7369

E-mail: revistamsde@gmail.com

 

 Licença Creative Commons

 A Revista Movimentos Sociais e Dinâmicas Espaciais foi licenciada com uma Licença Creative Commons