Localização espacial do segmento da indústria de produtos minerais não metálicos no Rio Grande do Norte (1990 – 2010)

Osmar Faustino Oliveira, Manoel Raymundo de Carvalho Neto, Pollyanna Neves de Medeiros, Flávio Antônio Miranda de Souza

Resumo


O reconhecimento dos aglomerados produtivos no processo de crescimento econômico é um tema que vem sendo estudado na literatura de economia regional nos últimos anos. O problema da pesquisa, materializado neste estudo, consiste em identificar e analisar as aglomerações produtivas no setor de produtos minerais não metálicos no estado do Rio Grande do Norte. O objetivo principal deste estudo é identificar e analisar a evolução das aglomerações produtivas do setor da indústria de produtos não metálicos no estado do Rio Grande do Norte nos anos 1990, 2000 e 2010. Realizou-se uma revisão bibliográfica que deu suporte à pesquisa, e um levantamento de dados secundários, que deram suporte ao cálculo do índice de Hoover e foram obtidos a partir da Relação Anual de Informações Sociais (RAIS), disponibilizados pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE). Uma vez coletados os dados da RAIS, foi preciso buscar a classificação de Subsetores segundo a classificação do IBGE, mais especificamente aos 15 subsetores que compõem o setor industrial. Os resultados mostraram que no ano de 1990 a 2010 surgiram, 44 novas aglomerações.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




INDEXADORES E BASES BIBLIOGRÁFICAS:

          

         

    

 

 

 

 

REVISTA MOVIMENTOS SOCIAIS E DINÂMICAS ESPACIAIS (ISSN: 2238-8052)

Programa de Pós-graduação em Desenvolvimento e Meio Ambiente

Departamento de Ciências Geográficas, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Cidade Universitária, Av. Prof. Moraes Rego, n. 1235, CEP: 50670-901, Recife, Pernambuco, Brasil

Tel.: +55 (81)2126-7369

E-mail: revistamsde@gmail.com

 

 Licença Creative Commons

 A Revista Movimentos Sociais e Dinâmicas Espaciais foi licenciada com uma Licença Creative Commons