EXPLICAÇÃO, COMPREENSÃO E DETERMINISMO NA SOCIOLOGIA DE PIERRE BOURDIEU

Gabriel Peters

Resumo


O artigo situa a sociologia de Bourdieu na duradoura controvérsia acerca da natureza da explicação causal e da compreensão interpretativa nas ciências sociais, com foco sobre o problema clássico da suposta (in)compatibilidade entre tais procedimentos. Primeiramente, o texto apresenta o argumento de que a perspectiva praxiológica e relacional do universo societário, advogada pelo sociólogo francês, leva-o não apenas a juntar-se ao campo compatibilista do debate, mas a sustentar mais radicalmente aidentidade entre explicação e compreensão. Em seguida, o estudo defende também que esta proposta teórico-metodológica está atrelada a uma distinção frequentemente negligenciada entre os comentadores da obra de Bourdieu, qual seja, aquela entre oobjetivismo, um modo de conhecimento do social que ele procura integrar e superar em sua praxiologia estrutural, e o determinismo, adotado pelo autor como um princípio científico fundamental e, ao mesmo tempo, uma ferramenta ético-política potencialmente emancipatória que é legada por sua sociologia reflexiva.

Texto completo:

HTML

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




@ 2012 - PPGS - Revista do Programa de Pós-Graduação em Sociologia da UFPE.

ISSN Impresso 1415-000X

ISSN Eletrônico 2317-5427