IMEMORIAL: fotografia e reconstrução da memória em Rosângela Rennó

Rosemary Monteiro Gondim

Resumo


Este ensaio analisa o trabalho Imemorial, da artista Rosângela Rennó, que se constitui de fotografias por ela pesquisadas no Arquivo Público do Distrito Federal. A obra forma um conjunto retrabalhado de quarenta retratos de operários ou “candangos” da construção de Brasília. Um argumento central para a interpretação dessa obra será construído a partir de considerações sobre o discurso da memória, em especial, da memória coletiva. Neste ponto, seguimos de perto alguns debates encontrados em Maurice Halbwachs, Michael Pollak, em clara associação e diálogo com o processo estabelecido pelo debate benjaminiano.

Texto completo:

HTML

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




@ 2012 - PPGS - Revista do Programa de Pós-Graduação em Sociologia da UFPE.

ISSN Impresso 1415-000X

ISSN Eletrônico 2317-5427