"OPA! DE NOVO VIOLENCIA?" Uma conversa com grupo de jovens ex-assaltantes

Thomas Leithauser

Resumo


O artigo e o resultado de uma pesquisa realizada com jovens turcos, poloneses e alemães. Com idades entre 16 e 19 anos, estes jovens foram membros de gangues e vivenciaram a violência como parte integrante de seu processo de socialização. Partindo da ideia da dialética do reconhecimento de Hegel, e apresentada uma interpretação da relação que se estabelece entre a vitima e o jovem agressor. A violência aqui se toma parte do processo de negociação de uma identidade social num contexto de desigualdade e discrimina9ao. O autor conclui analisando a perspectiva de inser9ao desses jovens na sociedade civil a partir da abertura de oportunidades no mundo do trabalho.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




@ 2012 - PPGS - Revista do Programa de Pós-Graduação em Sociologia da UFPE.

ISSN Impresso 1415-000X

ISSN Eletrônico 2317-5427