DISCUSSÃO SOBRE SENSO COMUM, MEMÓRIA COLETIVA E A UTORIDADE JORNALÍSTICA

Mirella Bravo de Souza Bonella

Resumo


A proposta deste artigo é refletir sobre a relação entre os conceitos de senso comum, autoridade jornalística e memória coletiva. Ele parte do consenso de que existe um senso comum do campo jornalístico. No exercício de sua atividade, o repórter sustenta sua prática no bom senso da profissão. Contudo, conceitos advindos do senso comum não servem apenas para justificar as escolhas desses profissionais, eles asseguram, articulados com a memória coletiva do grupo específico, autoridade cultural sobre o público. No âmbito sociológico, este artigo tenta contribuir para o entendimento do peso das relações sociais sobre o trabalho prático do jornalista, especificamente na relação com os seus pares.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




@ 2012 - PPGS - Revista do Programa de Pós-Graduação em Sociologia da UFPE.

ISSN Impresso 1415-000X

ISSN Eletrônico 2317-5427