o DINHEIRO COMO DÁDIVA E MEDIAÇÃO NA RELAÇÃO COM O SAGRADO

Drance Elias da Silva

Resumo


O texto ora proposto pretende refletir sobre a questão do dinheiro como elemento de mediação na relação com o sagrado na experiência religiosa neopentecostal. O entendimento disto como problema sociológico não pretende ser reduzido a uma simples critica mercadológica e utilitarista, só porque o fator 'dinheiro' compõe o jogo religioso como peça central. O dinheiro, no uso que se faz dele no espaço do culto, aponta para uma produção do social ou uma reinvenção de um social comunitário. Esse aspecto sociológico é eixo norteador de tal reflexão e para tanto, é preciso tratar o dinheiro para além de um equivalente geral, é preciso tratá-lo como símbolo. Para isto, a reflexão trilha seus caminhos à luz do sistema da dádiva.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




@ 2012 - PPGS - Revista do Programa de Pós-Graduação em Sociologia da UFPE.

ISSN Impresso 1415-000X

ISSN Eletrônico 2317-5427