A BUROCRACIA ESTATAL RUSSA

Robert J. Brym

Resumo


Tomando como base dados oficiais, este artigo analisa a mudança de tamanho e a composição social da burocracia de Estado russa nos anos 1990.0 artigo mostra que, apesar de essa burocracia ter crescido de algum modo em nível regional du­rante esse período, ela encolheu no nível federal. Comparando a burocracia estatal russa com o tipo ideal de eficiência burocrática descrito por Weber, é demonstrada a existência de uma forte segregação de gênero e de idade: mulheres e jovens concentram- se nos níveis hierárquicos inferiores, enquanto homens e pessoas idosas concentram-se em posições hierárquicas mais altas. Mais que isso, posto que vários servidores públicos foram formalmente educados na era pré-perestroika, eles estão mal adaptados às necessidades do Estado moderno. Finalmente, a circulação de pessoal novo através da burocracia, ou uma 'renovação' burocrática, é lenta. Ela ocorre principalmente nos níveis de baixostatus.A circulação de pessoal nos níveis de status elevado praticamente inexiste. Conseqüentemente, jovens recrutas tem Pouco incentivo para permanecer no serviço público e funcionários antigos são confrontados com uma competiçãofraca vinda, quer dos níveis hierárquicos mais baixos, quer de fora da burocracia de estado. Muito da ineficiência da burocracia russa brota dessa realidade, que tern como efeito restringir o desenvolvimento econômico do país.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




@ 2012 - PPGS - Revista do Programa de Pós-Graduação em Sociologia da UFPE.

ISSN Impresso 1415-000X

ISSN Eletrônico 2317-5427