HERMENÊUTICA CRÍTICA, REALISMO E A TRADIÇÃO SOCIOLÓGICA

William Outhwaite

Resumo


Com base nas críticas ao positivismo efetuadas pela tradição hermenêutica, pela teoria crítica e pelo realismo, o artigo procura estabelecer a possibilidade de uma síntese metateórica relativa à natureza e objetivos da teoria social. Argumenta-se que, embora seja prematuro falar de uma síntese, testemunhamos a emergência de um certo consenso na teoria social, e tal consenso é compatível com, e defendido por, uma teoria da ciência realista e uma concepção naturalista qualificada de ciência social. No restante do artigo, a tradição sociológica, em particular a obra de Marx, Durkheim, Weber e Parsons, será avaliada partir da perspectiva desenvolvida anteriormente.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




@ 2012 - PPGS - Revista do Programa de Pós-Graduação em Sociologia da UFPE.

ISSN Impresso 1415-000X

ISSN Eletrônico 2317-5427