IDEOLOGIA E O PROJETO DE AUTONOMIA NA TEORIA DO IMAGINARIO DE CORNELIUS CASTORIADIS

Alex Koutsogiannis

Resumo


Com algumas exceções, a problemática tradicional da ideologia nos domínios daquilo que e geralmente definido como uma teoria social crítica está sofrendo um declínio considerável. O pensamento filosófico de Cornelius Castoriadis representa uma alternativa a esta tendência ao tentar redefinir as discussões sobre ideologia através de um olhar crítico sobre questões relativas ao "domínio tecnológico", apatia política e heteronomia social. O artigo enfatizará que a obra de Castoriadis encontra-se numa encruzilhada entre uma crença política genuína na práxis revolucionária e um empreendimento filosófico, ontológico, que caracteriza seus principais textos; argumentar-se-á, em particular, que, se a problemática da ideologia esta presa a uma oposição inevitável entre verdade e falsidade, então ha uma concepção específica de conhecimento social implicada em tal oposição que incorpora tanto uma avaliação dos modelos teóricos de explicação social (a teoria da indeterminação de Castoriadis), quanto uma investigação de quaisquer inferências sobre emancipação social (seu projeto de autonomia política e psicanalítica).


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




@ 2012 - PPGS - Revista do Programa de Pós-Graduação em Sociologia da UFPE.

ISSN Impresso 1415-000X

ISSN Eletrônico 2317-5427