REENCONTRO COM O NORDESTE: Itinerários de pesquisa e construção do campo intelectual dos estudos rurais.

Maria de Nazareth Baudel Wanderley

Resumo


Esta aula inaugural se refere à formação e o amadurecimento do campo intelectual, no Brasil, em torno dos estudos rurais, que congrega um grande número de pesquisadores em todas as regiões do País e a partir do qual, em conjunto, pensamos sociologicamente a sociedade brasileira. Refiro-me, especialmente, aos contornos deste campo, tais como foram sendo recortados e aprofundados a partir dos anos 70, sem ignorar, no entanto, que os estudos rurais tem uma longa história no pensamento social brasileiro e uma importante contribuição para a compreensão da sociedade, nos períodos anteriores ao que estou demarcando neste trabalho.

Digamos, que para efeito desta análise, considerarei o campo intelectual dos estudos rurais que se constituiu especialmente em torno da implantação e solidificação dos programas de pós-graduação no Brasil. Outrora fizeram este mesmo esforço de síntese, entre eles, Jose Vicente Tavares dos Santos, Jose Cesar Gnaccarini e Margarida Maria Moura.1 Neste meu trabalho, assumo o risco de propor minha leitura pessoal. Para fazer esta reflexão permito-me usar como referenda um texto recente de Marcel Jollivet, que eu mesma acabo de traduzir e que foi publicado na revista do CPDA.2


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




@ 2012 - PPGS - Revista do Programa de Pós-Graduação em Sociologia da UFPE.

ISSN Impresso 1415-000X

ISSN Eletrônico 2317-5427