NOVAS COMPETÊNCIAS PROFISSIONAIS E EMPREGABILIDADE NO LIMIAR DO SÉCULO XXI

Noêmia Lazzareschi

Resumo


Este artigo tem como objetivos: 1) apresentar o conceito sociológico de competências profissionais que se desenvolveu a partir das profundas  transformações do mundo do trabalho nas sociedades  industriais capitalistas,   nas últimas décadas do século passado,  com a intensificação do processo de internacionalização dos mercados – globalização da economia – e com a  introdução de novas tecnologias – tecnologias da informação – conjugadas a novas técnicas de gerenciamento do processo de produção e de prestação de serviços, isto é, a partir da reestruturação produtiva, cujas características definem o novo perfil demandado do trabalhador pelas empresas tecnológica e organizacionalmente modernas;  2) demonstrar que a aquisição das novas competências profissionais, como  condição para a empregabilidade, isto é, para a candidatura a um emprego e a candidatura à manutenção do emprego, depende de maciços investimentos em educação escolarizada para melhoria de sua  qualidade em todos os níveis, mas  sobretudo e fundamentalmente,  no ensino fundamental e médio, para garantir aos jovens futuros trabalhadores a formação requerida pelos mercados de trabalho. A fundamentação científica deste artigo reside na ampla pesquisa bibliográfica empreendida pela autora ao longo dos últimos vinte anos e que constitui a literatura, nacional e internacional, da Sociologia do Trabalho sobre o tema (livros, teses, artigos, pesquisas empíricas realizadas tanto nas fábricas quanto nos escritórios, etc.)


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




@ 2012 - PPGS - Revista do Programa de Pós-Graduação em Sociologia da UFPE.

ISSN Impresso 1415-000X

ISSN Eletrônico 2317-5427