A MEMÓRIA SOCIAL ATRAVÉS DO JORNAL FUNDINHO CULTURAL: CRÔNICAS DA CIDADE DE UBERLÂNDIA

Ivanilda Aparecida Andrade Junqueira, Nilda Silva Viana

Resumo


A memória social se manifesta sob múltiplas formas, oferecendo ao pesquisador diversas possibilidade de recuperação da mesma. A partir da contribuição dos autores que desenvolveram reflexões teóricas sobre memória social, buscamos, no presente artigo, compreender as recordações do bairro Fundinho e da cidade de Uberlândia através do material publicado, especialmente as crônicas, no Jornal Fundinho Cultural. A partir da análise pudemos compreender a relação entre o processo de modernização e a constituição de “lugares de memória”, dentre os quais, alguns permanecem na paisagem urbana da cidade. A luta pela memória se manifesta sob diversas formas e a análise empreendida permitiu perceber algumas de suas principais formas de manifestação. Uma dessas formas é a existente entre o processo de modernização e a resistência revelando uma luta cultural tendo como palco o espaço urbano, o lugar de reprodução da vida cotidiana e suas recordações.

 


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




@ 2012 - PPGS - Revista do Programa de Pós-Graduação em Sociologia da UFPE.

ISSN Impresso 1415-000X

ISSN Eletrônico 2317-5427