DE PROBLEMAS SOCIAIS A PROBLEMAS PÚBLICOS: O CASO DOS ATINGIDOS PELA BARRAGEM FIGUEIREDO EM POTIRETAMA/CE

Marcílio Dantas Brandão, Roberta Castro Cunha

Resumo


Este artigo analisa as violações de direitos humanos advindas da construção de barragens, tendo como subsídio de análise o caso da comunidade Lapa, após a instalação da barragem Figueiredo, em Potiretama/CE. A pesquisa foi realizada nos anos de 2017 a 2019. O presente texto se inicia com uma discussão sobre a construção de barragens no estado do Ceará enquanto problema público, seguindo com a apresentação do processo de instalação da barragem Figueiredo e as arenas públicas instituídas para a resolução dos conflitos relativos a esse problema. Descrevendo o caso da comunidade Lapa, demonstramos a transformação de problemas sociais em problemas públicos, identificando como os moradores resistiram para permanecer em seu território. Concluímos que as violações de direitos humanos vivenciadas pelos atingidos assumiram o status de visíveis, audíveis e sensíveis aos órgãos públicos e demais atores envolvidos, após a ocupação da área federal e o acionamento das identidades coletivas, momentos em que os então problemas sociais invisíveis passaram a ser enfrentados como problemas públicos.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




@ 2012 - PPGS - Revista do Programa de Pós-Graduação em Sociologia da UFPE.

ISSN Impresso 1415-000X

ISSN Eletrônico 2317-5427