PARA ALÉM DA SECULARIZAÇÃO: trajetória da relação entre religião e espaço/esfera pública no Brasil.

Karina Areias Oliveira Melo

Resumo


O Brasil, desde sua “descoberta” foi se tornando católico por imposição dos colonizadores e o catolicismo foi a religião oficial brasileira até à proclamação da República. Após a separação entre Estado e Religião, com a instauração da República, o catolicismo não se restringiu à esfera privada e continuou a exercer influência no âmbito público, inclusive através de concessões legais. Esse quadro permitiu que não só a Igreja Católica continuasse a exercer influência na sociedade brasileira, como também suscitou disputas entre outras religiões, que lentamente passaram a reivindicar sua importância para a sociedade, principalmente no caso do protestantismo. Neste trabalho, apresento algumas correntes teóricas sobre secularização e laicização das sociedades modernas, assim como busco fazer um retrospecto das imbricações entre a(s) religião(ões) e espaço/esfera pública no Brasil.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




@ 2012 - PPGS - Revista do Programa de Pós-Graduação em Sociologia da UFPE.

ISSN Impresso 1415-000X

ISSN Eletrônico 2317-5427