IDENTIDADES EM DISPUTA: democracia racial, pensamento social e movimentos sociais negros ontem e hoje

Eliane Veras Soares, Remo Mutzenberg, Aristeu Portela Júnior

Resumo


Neste trabalho desenvolvemos uma reflexão em torno dos fundamentos e das transformações e dilemas recentes do discurso de identidade nacional no Brasil. Abordamos, inicialmente, as reflexões de Gilberto Freyre e Florestan Fernandes enquanto dois marcos importantes, no âmbito do pensamento social brasileiro, para pensarmos as linhas gerais desse discurso identitário. Em seguida, observamos as reverberações recentes das interpretações do Brasil desses dois pensadores, através do debate em torno das políticas de ação afirmativa com recorte racial, em particular as cotas nas universidades, e como o pensamento social contemporâneo dialoga com elas. E, por fim, à guisa de conclusão, discutimos os dilemas envolvidos na construção de um discurso em torno da nação, no atual quadro de retração democrática e fragmentação política no Brasil.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




@ 2012 - PPGS - Revista do Programa de Pós-Graduação em Sociologia da UFPE.

ISSN Impresso 1415-000X

ISSN Eletrônico 2317-5427