UTILIZAÇÃO DO GUIDANCE PELAS EMPRESAS CONCESSIONÁRIAS DE DISTRIBUIÇÃO DE GÁS NATURAL NO BRASIL

Mariana Ximenes de Almeida, Hugo Santana de Figueirêdo Junior, Alessandra Vasconcelos Gallon, Márcia Martins Mendes De Luca

Resumo


O uso do guidance, denominação atribuída à divulgação de resultados futuros, surge como um importante passo para melhorar a transparência e a reputação da empresa. Este estudo analisa a utilização do guidance como instrumento de divulgação de prognósticos de empresas concessionárias de serviços de distribuição de gás natural no Brasil e suas vantagens para os stakeholders. A pesquisa exploratória recorre a consultas bibliográficas e documentais e a estudo de campo com questionário semiestruturado. Os resultados revelam a inexistência da prática de guidance, nem interesse das empresas em adotá-la em um futuro próximo, contrariando o que preconiza a teoria dos stakeholders, embora sejam identificadas mais vantagens do que desvantagens na utilização do instrumento. Com base nas disposições de órgãos reguladores, sugere-se uma estrutura de conteúdo mais abrangente de guidance para as concessionárias de distribuição de gás natural, contendo prognósticos de qualidade dos serviços, além das grandezas financeiras tradicionais.

Palavras-chave


transparência; guidance; stakeholders; concessionárias; distribuição de gás natural.

Texto completo:

Artigo

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Apoio institucional:
Programa de Pós-Graduação em Ciências Contábeis (PPGCC)
Universidade Federal de Pernambuco (UFPE)
Avenida dos Economistas, s/n - Cidade Universitária
CEP 50670-901 - Recife - Pernambuco - Brasil
Tel/fax. 55-(81) 21268874

 

Indexadores

 

BASE Logo