MODELO PARA GESTÃO DE IMPACTOS SOCIOAMBIENTAIS: O CASO DA COELBA

Frederico Nacor Frazão Carvalho, Sonia Maria da Silva Gomes, Cláudio Osnei Garcia, Rita de Cássia Souza Ribeiro

Resumo


Este trabalho tem como objetivo apresentar o modelo para gestão de impactos socioambientais desenvolvido e aplicado pela Coelba. Este estudo caracteriza-se como qualitativo-descritivo. Adotou-se como procedimento de pesquisa o estudo de caso. Os dados foram obtidos através de entrevista não estruturada e análise de documentos. O modelo de gestão dos impactos socioambientais desenvolvido pela Coelba tem como base conceitual as dimensões proposta pelo modelo explicativo de RSC do Instituto Ethos. Ele é estruturado a partir do Balanced Scorecard e o Mapa de Processos da empresa. Esse modelo permite à Coelba identificar e controlar os impactos socioambientais gerados por suas atividades operacionais. Os resultados alcançados com a implantação do modelo indicam que o mesmo pode ser utilizado pelas organizações do setor elétrico brasileiro como instrumento para gerenciar impactos socioambientais.

Palavras-chave


Responsabilidade social corporativa; Gestão dos impactos socioambientais; Setor elétrico

Texto completo:

Artigo

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Apoio institucional:
Programa de Pós-Graduação em Ciências Contábeis (PPGCC)
Universidade Federal de Pernambuco (UFPE)
Avenida dos Economistas, s/n - Cidade Universitária
CEP 50670-901 - Recife - Pernambuco - Brasil
Tel/fax. 55-(81) 21268874

 

Indexadores

 

BASE Logo