DETERMINANTES DA DIVULGAÇÃO OBRIGATÓRIA DO PRONUNCIAMENTO TÉCNICO CPC 27 NO SETOR ELÉTRICO: UMA ANÁLISE DAS COMPANHIAS ABERTAS LISTADAS NA BM&FBOVESPA

Juliana Ferreira de Oliveira, Tayná Cruz Batista, Sophie de Souza Abrahão, José Augusto Veiga da Costa Marques, Marcelo Alvaro da Silva Macedo

Resumo


Essa pesquisa tem como objetivo analisar o nível de cumprimento das companhias abertas do setor elétrico dos requisitos de divulgação do Pronunciamento Técnico CPC 27 no período de 2010 a 2013, assim como seus determinantes. Foram analisadas as Notas Explicativas das demonstrações contábeis de 30 empresas de capital aberto do setor elétrico de 2010 a 2013e foi calculado o índice de não divulgação (IND). Em seguida, foi montada uma regressão com variáveis que pudessem explicar o nível de divulgação das companhias. Os resultados demonstram que o IND médio para o setor elétrico corresponde a 52,69% no período analisado. Uma possível explicação para os resultados é o nível detalhamento das informações sobre ativo imobilizado, que pode ser um fator que dificulta a implementação dessa norma. Outra hipótese refere-se à insuficiente fiscalização exercida pelos órgãos reguladores. Foi constatado que as variáveis tamanho, grau de imobilização e governança corporativa são estatisticamente significativas.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Apoio institucional:
Programa de Pós-Graduação em Ciências Contábeis (PPGCC)
Universidade Federal de Pernambuco (UFPE)
Avenida dos Economistas, s/n - Cidade Universitária
CEP 50670-901 - Recife - Pernambuco - Brasil
Tel/fax. 55-(81) 21268874

 

Indexadores