O COMPORTAMENTO DOS INDICADORES ECONÔMICO-FINANCEIROS DE UMA EMPRESA BRASILEIRA QUE EMITE ADR’S ANTES E APÓS A ADOÇÃO DA LEI SARBANES-OXLEY

Jamille Barbosa Silva da Costa Jales, Ana Lenita Carlos Paiva Lucena

Resumo


Comumente abordada em assuntos sobre transparência e ética nas organizações mundiais, a Lei Sarbanes-Oxley é um marco na prevenção de fraudes nas práticas contábeis. Criada no ano de 2002 com o objetivo de proteger e recuperar a confiança dos investidores no mercado de capitais, após sucessivos escândalos de manipulações contábeis nas maiores companhias dos EUA. Nessa perspectiva, o presente estudo objetivou analisar o comportamento dos indicadores econômico-financeiros de uma empresa brasileira que emite ADR’s antes e após a adoção da Lei Sarbanes-Oxley. Para tanto, analisou-se uma empresa listada na Bolsa de Valores de Nova York (NYSE) no período de 1997 a 2016 considerando anos antes e depois da vigência da referida lei. O estudo caracterizou-se por ser uma pesquisa descritiva e quantitativa, cujos procedimentos fundamentaram-se na pesquisa documental e ex-post-facto. Os dados foram coletados do software do Economática® e a técnica estatística utilizada para a análise dos dados foi a análise de variância de fator único, por meio da realização do Teste F e o procedimento Tukey-Kramer. A partir desses testes, observou-se entre os indicadores econômico-financeiros aqueles que apresentaram diferenças significativas nas suas médias, antes e após a aplicação da lei. Diante dos resultados obtidos com a pesquisa, pôde-se concluir que a Lei Sarbanes-Oxley influenciou significativamente o comportamento dos indicadores de estrutura de capital analisados (endividamento geral, composição do endividamento, imobilização do patrimônio líquido e estrutura de capital). Já os demais indicadores estudados, liquidez (liquidez geral, liquidez corrente e liquidez seca) e rentabilidade (retorno sobre o investimento, margem operacional, retorno sobre o patrimônio líquido e alavancagem financeira) apresentaram em seus índices comportamentos discretos, dos quais apenas dois índices de rentabilidade (retorno sobre o investimento e margem operacional) comportaram-se com médias diferentes, resultado proveniente da influência da lei na companhia.


Palavras-chave


Lei Sarbanes-Oxley (SOX); American Depositary Receipt (ADR); New York Stock Exchange (NYSE).

Texto completo:

Artigo

Referências


AHMED, A.S.; MCANALLY, M.L; RASMUSSEN, S. WEAVER, C.D. 2010. How costly is the sarbanes-oxley act? Evidence on the effects of the act on corporate profitability. Journal of Corporate Finance, United States, 16(3):352-369, 2010.

ALMEIDA, F. R. M. Custos e benefícios da lei sarbanes-oxley: o caso BPN. Dissertação de Mestrado. Faculdade de Economia e Gestão, Universidade Católica Portuguesa: Portugal, 2014.

AVALOS, J. M. A. Auditoria e gestão de riscos. Instituto Chiavenato. São Paulo: Saraiva, 2009.

BARROS, D. A. Impacto da lei sarbanes-oxley sobre os adr’s brasileiros: análise empírica. Dissertação de Mestrado. Escola de Pós-Graduação em Economia, Fundação Getúlio Vargas: Rio de Janeiro, 2011.

BERGER, P. G.; LI, F.; WONG, M. H. F. The impact of sarbanes-oxley on cross-listed companies, 2011.

BEUREN, I. M. (coord). Como elaborar trabalhos monográficos em contabilidade. 3ª Ed. São Paulo: Atlas, 2013.

BORGERTH, V. M. C. A Lei sarbanes-oxley: um caminho para a informação transparente. Dissertação de Mestrado. Programa de Pós-Graduação e Pesquisa em Administração e Economia, Faculdades Ibmec: Rio de Janeiro, 2005.

GEORGIEVA, D.; LEE, W. Y. Impact of sarbanes-oxley act on cross listing. University of Arkansas, 2007.

GIL, A. C. Como Elaborar Projetos de Pesquisa. 5ª ed. São Paulo: Atlas, 2010.

MAFFEI, J. L. Curso de Auditoria: introdução à auditoria com as normas internacionais e melhores práticas. 1ª ed. São Paulo: Saraiva, 2015.

MATARAZZO, D. C. Análise financeira de balanços: abordagem gerencial. 7ª ed. São Paulo: Atlas, 2010.

MENDONÇA, M. M.; COSTA, F. M.; GALDI, F. C.; FUNCHAL, B. O impacto da lei sarbanes-oxley (sox) na qualidade do lucro das empresas brasileiras que emitiram adrs. Revista Contabilidade & Finanças USP, São Paulo, 21(52): 01- 24, 2010.

PELEIAS, I. R.; PENHA, J. C.; SEGRETI, J. B.; PEREIRA, A. C. Percepções do Corpo Diretivo de uma Multinacional Oriental quanto à Implementação dos Requisitos da Lei Sarbanes-Oxley. Contabilidade Vista & Revista, Belo Horizonte, 21(1): 15-40, 2010.

PERINO, M. A. American corporate reform abroad: sarbanes-oxley and the foreign private issuer. St. John’s University School of Law, 2005.

SILVA, A. G.; ROBLES JUNIOR, A. Os impactos na atividade de auditoria independente com a introdução da lei sarbanes-oxley. Revista Contabilidade & Finanças USP. São Paulo, 19(48): 112-127, 2008.

SILVA, L. M. A influência da lei sarbanes-oxley e do código civil brasileiro nos controles internos de empresas localizadas no brasil. Dissertação de Mestrado. Programa de Pós-Graduação em Ciências Contábeis, Universidade do Vale do Rio dos Sinos: São Leopoldo, 2007.

SOUZA, M. M.; VICENTE, E. F. R.; BORBA, J. A.; LUNKES, R.J. Evidenciação das exigências da lei sarbanes oxley nas empresas brasileiras que negociam adrs nos estados unidos. Revista de Informação Contábil, Recife, 5(3): 98-117, 2011.

TSUTSUMI, P. Domestic intentions, the international repercussions: an empirical study on the impact of sarbanes-oxley in latin american ADRs. Harvard College, Cambridge, Massachusetts. 2007.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Apoio institucional:
Programa de Pós-Graduação em Ciências Contábeis (PPGCC)
Universidade Federal de Pernambuco (UFPE)
Avenida dos Economistas, s/n - Cidade Universitária
CEP 50670-901 - Recife - Pernambuco - Brasil
Tel/fax. 55-(81) 21268874

 

Indexadores

 

BASE Logo