NÍVEL DE EVIDENCIAÇÃO AMBIENTAL DAS COMPANHIAS SIDERÚRGICAS LISTADAS NA B3

Marcos Antônio Ferreira do Patrocínio, Alex Martins Moura, Adriana Rodrigues Silva

Resumo


O presente estudo tem como objetivo verificar o nível de divulgação de informações ambientais das companhias siderúrgicas listadas na B3 S.A., entre os anos de 2004 e 2014, como também, se as referidas informações estão em conformidade com a NBC T-15. Para alcançar o objetivo proposto, foram analisados os demonstrativos contábeis de cinco empresas do setor siderúrgico e, por meio da análise de conteúdo, verificou-se a quantidade de informações ambientais contidas nos documentos. Os resultados obtidos pela pesquisa mostram que o nível de evidenciação ambiental das empresas siderúrgicas alcançou, de maneira geral, o nível regular. Constatou-se, também, que as empresas estão pré-dispostas a divulgar informações que favoreçam a sua imagem perante os stakeholders, e que as informações de aspecto mais negativo são pouco evidenciadas pelas empresas. Esta pesquisa contribui com a ampliação da literatura existente e com as discussões sobre a compreensão do nível de evidenciação socioambiental.


Palavras-chave


NBC T-15. Setor siderúrgico. Evidenciação Ambiental

Texto completo:

Artigo

Referências


ALBERTINI, E. A descriptive analysis of environmental disclosure: a longitudinal study of French companies. Journal of Business Ethics, v.121, n.2, p. 233-254, mai. 2014.

BARBOSA, E.; OLIVEIRA, A.; SILVA, R.; REZENDE, I. Evidenciação das informações ambientais segundo a NBC T-15: um estudo nas empresas de papel e celulose de 2006 a 2010. Reunir: Revista de Administração, Contabilidade e Sustentabilidade, v.4, n.1, p. 19-41, 2014.

BARCELOS, D.; TASSIGNY, M.; CARLOS, M.; BIZARRIA, F.; FROTA, A. Evidenciação ambiental à luz da NBC T-15: o caso da Natura. AOS- Amazônia, Organizações e Sustentabilidade, v. 4, n.2, p. 127-146, jul./dez. 2015.

BARDIN, L. Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70, 2009.

BEBBINGTON, J.; UNERMAN, J.; O’DWYER, B. Sustainability Accounting and Accountability. [s.l.] Taylor & Francis, 2014.

BEUREN, I.; BOFF, M.; HORN, J.; HORN. M. Adequação da Evidenciação Social das Empresas de Capital Aberto no Relatório da Administração e Notas Explicativas às Recomendações da NBC T 15. RCO – Revista de Contabilidade e Organizações, Ribeirão Preto, v. 4, n. 8, p. 47-68, jan./abr. 2010.

BORGES, A. P.; DA ROSA, F. S. da; ENSSLIN, S. R. Evidenciação voluntária das práticas ambientais: um estudo nas grandes empresas brasileiras de papel e celulose. Produção On Line, v. 20, n. 3, p. 404-417, 2010.

BRASIL. Lei da Taxa de Controle e Fiscalização Ambiental. Lei nº 10.165, de 27 de dezembro de 2000. Disponível em: . Acesso em: 16 mar. 2016.

BURGWAL, D.; VIEIRA, R. Environmental disclosure determinants in dutch listed companies. Contabilidade e Finanças, São Paulo, v. 25, n. 64, p. 60-78, 2014.

CARNEIRO, J. E.; DE LUCA, M. M. M.; OLIVEIRA, M. C. Análise das informações ambientais evidenciadas nas demonstrações financeiras das empresas petroquímicas brasileiras listadas na Bovespa. Contabilidade vista e revista, Belo Horizonte, v. 19, n. 3, p. 39-67, 2008.

CARVALHO, J.; LUZ, J.; PEREIRA, F. Evidenciação das Informações Ambientais das Empresas do Setor de Energia Elétrica do Brasil. Evidenciação Contábil & Finanças, v. 3, p. 60-72, 2015.

CHO, C.; LAINE, M.; ROBERTS, R.; RODRIGUE, M. Organized hypocrisy, organizational façades, and sustainability reporting. Accounting, Organizations and Society, v. 40, p. 78–94, jan. 2015.

CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE. Resolução CFC nº. 1.003/04. Aprova a NBC T15 – que trata da criação da Demonstração de Informações de Natureza Social e Ambiental. Brasília: CFC, 2004.

COSTA, R.; MARION, J. A uniformidade na evidenciação das informações ambientais. Contabilidade & Finanças, São Paulo, v. 18, n. 43, p. 20-33, abr. 2007.

DE PAULA, G. M. Siderurgia no Brasil, 2010-2025: subsídios para tomada de decisão. Brasília: Centro de Gestão e Estudos Estratégicos, 2010 (Documento Técnico).

FARIA, A. C.; PEREIRA, R. S. Disclosure de Informações Socioambientais pelas maiores empresas do segmento químico e petroquímico no Brasil, a partir na NBC T-15. Encontro da ANPAD, XXXIII. São Paulo, set. 2009

FREITAS, D. P. S.; OLEIRO, W. N. Contabilidade ambiental: a evidenciação nas demonstrações financeiras das empresas listadas na BM&FBOVESPA. Reunir: Revista de Administração, Contabilidade e Sustentabilidade, v. 1, n. 2, p. 65-81, 2011.

GIL, A. Métodos e técnicas de pesquisa social. 6. ed. São Paulo: Atlas, 2008.

GOMES, C; AIDAR. O; VIDEIRA, R. Fusões, aquisições e lucratividade: uma análise do setor siderúrgico brasileiro. Economia, v. 7, n. 4, p.143-163, 2006.

KOSZTRZEPA, R. A evidenciação dos eventos relacionados com o meio ambiente: um estudo em indústrias químicas. Dissertação (Mestrado em Ciências Contábeis) -Departamento de Administração, Universidade Vale Dos Sinos, São Leopoldo, 2004.

KRAEMER, M. E. P. Contabilidade ambiental: o passaporte para a competitividade. Revista Catarinense da Ciência Contábil, v. 1, n. 1, p. 15-40, 2001.

MARQUES, M.; JUNIOR, E.; FREIRE, F.; PEREIRA, E. Evidenciação Ambiental: Uma análise da evolução dos investimentos ambientais e o reflexo no que é divulgado. In: CONGRESSO USP DE CONTROLADORIA E CONTABILIDADE, 10., 2010, São Paulo. Anais... São Paulo: USP, 2010.

MILANEZ, B.; PORTO, M. A ferro e fogo: impactos da siderurgia para o ambiente e a sociedade após a reestruturação dos anos 1990. IV Encontro Nacional da Anppas, Brasília (DF) 4 - 6 jun. 2008.

PAIVA, P. Contabilidade ambiental: evidenciação dos gastos ambientais com transparência focada na prevenção. São Paulo: Atlas, 2006.

PIRES, C. B.; SILVEIRA, F. C. da S. A evolução da evidenciação das informações ambientais de empresas do setor de celulose e papel: uma análise de conteúdo das notas explicativas e relatórios de administração. Contexto, v. 8, n. 13, p. 1-32, 2008.

RIBEIRO, M. Contabilidade ambiental. São Paulo: Saraiva, 2010.

RICHARDSON, R. J. Pesquisa social: métodos e técnicas. 3. ed. São Paulo: Atlas, 2012.

RODRIGUE, M.; Cho, C.H.; LAINE, M. Volume and tone of environmental disclosure: a comparative analysis of a corporation and its stakeholders. Social and Environmental Accountability Journal, 1. ed., vol. 35, p. 1-16, 2015.

SILVA, T.; VICENTE, E.; PFITSCHER, E.; ROSA, F. Environmental disclosure – informações sobre resíduos sólidos divulgadas pelas empresas potencialmente poluidoras listadas na BM&FBOVESPA. Ambiente contábil, v. 5, n. 2, p. 229-249, set. 2013

SILVEIRA, E.; BORGERT, A.; ALBERTON, L.; SOARES, S. Uma análise da evidenciação da responsabilidade social da Conab sob a perspectiva da NBC T 15. In: XIV SEMEAD - SEMINÁRIOS DE ADMINISTRAÇÃO FEA/USP, 2011, São Paulo. Anais. São Paulo: FEA/USP, 2011.

TINOCO, J. E. P.; KRAEMER, M. E. P. Contabilidade e gestão ambiental. 2. ed. São Paulo: Atlas, 2008.

VOSS, B.; PFITSCHER, E.; ROSA, F.; RIBEIRO, M. Evidenciação ambiental dos resíduos sólidos de companhias abertas no Brasil potencialmente poluidoras. Contabilidade & Finanças, São Paulo, v. 24, n. 62, p. 125-141, ago. 2013.

ZENG, S.; XU, X.; YIN, H.; TAM.; C. Factors that Drive Chinese Listed Companies in Voluntary Disclosure of Environmental Information. Journal of Business Ethics, v. 109, p. 309-321, 2012.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

-----------------------------------------------------------------------------------
Apoio institucional:
Programa de Pós-Graduação em Ciências Contábeis (PPGCC)
Universidade Federal de Pernambuco (UFPE)
Avenida dos Economistas, s/n - Cidade Universitária
CEP 50670-901 - Recife - Pernambuco - Brasil
Tel/fax. 55-(81) 21268874

 

Indexadores

 

BASE Logo