EVIDENCIAÇÃO CONTÁBIL DE GRATUIDADES NAS SANTAS CASAS DE MISERICÓRDIA: ANÁLISE DA CONFORMIDADE COM AS NORMAS BRASILEIRAS DE CONTABILIDADE

Bruna Escapilato, Karina Yuri Sudo, Vanessa Bastos Pelizaro, Cassia Vanessa Olak Alves Cruz

Resumo


No terceiro setor, embora não haja finalidade de lucros, as entidades necessitam de recursos para a consecução de seus objetivos. Sendo de suma importância a contabilização das operações realizadas, em especial as gratuidades, uma vez que a evidenciação dos fatos serve como prestação de contas. Desta forma, o objetivo do trabalho é analisar as formas de evidenciação contábil das gratuidades, nas demonstrações contábeis das Santas Casas de Misericórdia cadastradas com o título de Utilidade Pública Federal no Ministério da Justiça, verificando sua conformidade com as Normas Brasileiras de Contabilidade, em especial a ITG 2002 (R1). A pesquisa caracterizou-se como documental, sendo analisadas as demonstrações contábeis de 16 entidades, dos anos de 2012 e 2013. Constatou-se que 8 entidades evidenciaram as gratuidades em suas publicações contábeis, não ocorrendo indícios de contabilização conforme previsto na literatura e legislação vigente, apurando-se uma média de conformidade com a ITG 2002 (R1) de 42,86%.


Palavras-chave


terceiro setor; evidenciação; gratuidades; ITG 2002 (R1).

Texto completo:

PDF

Referências


BETON, Eliete. Demonstrações Contábeis e Legislação Vigente Aplicadas no Terceiro Setor: Um Estudo de Caso na Fundação ABRINQ. 2009. Disponível em: . Acesso em: 13 ago. 2014.

BRASIL, Lei nº 12.101, de 27de novembro de 2009. Dispõe sobre a certificação das entidades beneficentes de assistência social. Disponível em: . Acesso em: 05 abr. 2015.

BRASIL, Lei nº 6.404, de 15 de dezembro de 1976. Dispõe sobre as sociedades por ações. 8ª Ed. Atual. São Paulo: Saraiva, 2012.

BRASIL. Constituição (1988). Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília, DF, Senado, 1998.

BULGARIM, M. C. G. et. Caderno De Procedimentos Aplicáveis À Prestação De Contas Das Entidades Do Terceiro Setor (Fundações). Brasília: Fundação Brasileira de Contabilidade, 2011.

CAMPOS, Gabriel Moreira. A realidade contábil-gerencial de uma organização do terceiro setor: o caso da Fundação Otacílio Coser. São Paulo, 2003. Dissertação (Mestrado), Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo.

COMITÊ DE PRONUNCIAMENTOS CONTÁBEIS - CPC. Pronunciamento técnico CPC 07 (R1) - Subvenção e Assistência Governamentais. Disponível em: . Acesso em: 20 fev. 2015.

CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE - CFC. Normas Brasileiras de Contabilidade ITG 2002 (R1) – Entidades sem Finalidade de Lucros. Disponível em: Acesso em: 02 Set. 2018.

CRUZ, Cássia Vanessa Olak Alves. A relevância da informação contábil para os investidores sociais privados de entidades do terceiro setor no Brasil: Uma investigação Empírica. 2010.Tese (Doutorado em ciências contábeis) – Universidade de São Paulo, São Paulo.

FERNANDES, R. C. O Que É o Terceiro Setor? 3º Setor Desenvolvimento Social Sustentado. Rio de Janeiro: Editora Paz e Terra, 1997.

FERREIRA, P. C. A Contabilização Das Gratuidades Nas Entidades Sem Fins Lucrativos. 2008. Monografia, Graduação - Universidade Regional de Blumenau, Centro de Ciências Sociais Aplicadas, Blumenau. 2008.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA – IBGE; INSTITUTO DE PESQUISA ECONÔMICA APLICADA – IPEA. As Fundações Privadas e Associações sem Fins Lucrativos no Brasil 2005. Estudos e pesquisas informação econômica. Disponível em: . Acesso em: 11 ago. 2014.

IUDÍCIBUS, Sergio de. Teoria da Contabilidade. 9. Ed. São Paulo: Atlas. São Paulo: Atlas, 2009.

MARTINS, Gilberto de Andrade; THEÓPHILO, Carlos Renato. Metodologia da Investigação Científica para Ciências Sociais Aplicadas. São Paulo: Atlas, 2009.

OLAK, Paulo Arnaldo; NASCIMENTO, Diogo Toledo. Contabilidade para entidades sem fins lucrativos (terceiro setor). São Paulo: Atlas, 2006.

RIBEIRO, C. A.; KIAN, C.; LOPES, J.F.P. Práticas Contábeis Adotadas Por

Entidades do Terceiro Setor: Análise Empírica Junto a Escritórios de Contabilidade de Londrina. (2013). Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) – Universidade Estadual de Londrina, Londrina.




DOI: https://doi.org/10.34629/ric.v12i4.1-16

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

-----------------------------------------------------------------------------------
Apoio institucional:
Programa de Pós-Graduação em Ciências Contábeis (PPGCC)
Universidade Federal de Pernambuco (UFPE)
Avenida dos Economistas, s/n - Cidade Universitária
CEP 50670-901 - Recife - Pernambuco - Brasil
Tel/fax. 55-(81) 21268874

 

Indexadores

BASE Logo