RESTRIÇÕES DE FINANCIAMENTO E POLÍTICA DE GESTÃO DE CAIXA NAS EMPRESAS DA BOVESPA

Robert Aldo Iquiapaza, Hudson Fernandes Amaral

Resumo


As restrições financeiras afetam o comportamento das empresas, especialmente na administração financeira do caixa para não deixar passar bons investimentos. O objetivo da pesquisa foi identificar qual a proporção e as características das empresas que têm uma política ativa de gestão do caixa. Para tanto, utilizou-se a técnica de regressão de dados em painel com informações financeiras relacionadas ao fluxo de caixa de 159 empresas no período 1996 a 2005. Somente 28 (17.6%) empresas da amostra de estudo apresentaram um comportamento consistente com o modelo de restrição financeira e gestão ativa de fluxo de caixa. Estas empresas têm um coeficiente de sensibilidade da retenção de caixa ao fluxo de caixa positivo e estatisticamente significativo. Estas empresas com restrição financeira em média geram um fluxo de caixa menor como percentual do ativo, realizam menores investimentos, têm piores indicadores de liquidez e de endividamento e têm um menor porte.

Palavras-chave


Política financeira; Restrição financeira; Gestão de caixa; Fluxo de caixa; Empresas de capital aberto.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




-----------------------------------------------------------------------------------
Apoio institucional:
Programa de Pós-Graduação em Ciências Contábeis (PPGCC)
Universidade Federal de Pernambuco (UFPE)
Avenida dos Economistas, s/n - Cidade Universitária
CEP 50670-901 - Recife - Pernambuco - Brasil
Tel/fax. 55-(81) 21268874

 

Indexadores

 

BASE Logo