TRATAMENTO CONTÁBIL NAS OPERAÇÕES COM CRÉDITOS DE CARBONO EM EMPRESAS BRASILEIRAS

Vanderlei dos Santos, Ilse Maria Beuren, Darclê Costa Silva Haussmann

Resumo


O estudo objetiva identificar o tratamento contábil aplicado nas operações com créditos de carbono em empresas brasileiras que estão desenvolvendo projetos no âmbito do Mecanismo de Desenvolvimento Limpo (MDL). Para tal realizou-se uma pesquisa exploratória, com abordagem qualitativa dos dados, coletados por meio de questionário enviado a todas as empresas brasileiras que possuem projetos de MDL aprovados sem ressalvas pela Comissão Interministerial de Mudança Global do Clima (CIMGC), conforme listagem do Ministério da Ciência e Tecnologia. Das 117 empresas listadas, cinco responderam o instrumento de pesquisa. Os resultados mostram, quanto ao tratamento contábil, que os créditos de carbono são registrados de maneiras distintas pelas empresas pesquisadas. Há aquelas que o consideram um ativo intangível, outras como um estoque e algumas como um derivativo. Conclui-se que há opiniões divergentes entre as empresas pesquisadas em relação ao tratamento contábil e tributário aplicável aos créditos de carbono.

Palavras-chave


Créditos de carbono. Tratamento contábil. Empresas brasileiras.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Apoio institucional:
Programa de Pós-Graduação em Ciências Contábeis (PPGCC)
Universidade Federal de Pernambuco (UFPE)
Avenida dos Economistas, s/n - Cidade Universitária
CEP 50670-901 - Recife - Pernambuco - Brasil
Tel/fax. 55-(81) 21268874

 

Indexadores

 

BASE Logo