UMA ANÁLISE DA APLICABILIDADE DO TIME-DRIVEN ABC EM DEPARTAMENTOS ADMINISTRATIVOS: UM ESTUDO DE CASO

Antônio Artur de Souza, Ewerton Alex Avelar, Terence Machad Boina

Resumo


Este artigo apresenta os resultados de uma pesquisa que visou estudar a aplicabilidade do time-driven activity-based costing (TDABC) em departamentos administrativos de uma empresa industrial localizada na Região Metropolitana de Belo Horizonte/MG. Trata-se de uma pesquisa exploratória e qualitativa, realizada no primeiro semestre de 2009. Verificou-se que o TDABC parece refletir adequadamente os custos da empresa no que tange à área administrativa. Os resultados da pesquisa empírica permitiram identificar alguns benefícios dessa nova abordagem de custeio apresentados por Kaplan e Anderson (2004; 2007a), tais como a facilidade com que as equações de tempo (time equations) podem ser utilizadas para modelar atividades complexas, como algumas existentes nos departamentos administrativos da empresa estudada. Também, ressalta-se que foi possível mensurar a ociosidade dos departamentos estudados. Ademais, constataram-se algumas dificuldades já apresentadas em outros estudos para a operacionalização adequada do TDABC, como a grande dificuldade em se estimar as equações de tempo (um dos fundamentos da nova abordagem de custeio) para atividades não-estruturadas.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Apoio institucional:
Programa de Pós-Graduação em Ciências Contábeis (PPGCC)
Universidade Federal de Pernambuco (UFPE)
Avenida dos Economistas, s/n - Cidade Universitária
CEP 50670-901 - Recife - Pernambuco - Brasil
Tel/fax. 55-(81) 21268874

 

Indexadores

 

BASE Logo