O ESTADO DEMOCRÁTICO DE DIREITO E O PRINCÍPIO DA DIGNIDADE HUMANA APLICADO ÀS NORMAS JURÍDICO TRIBUTÁRIAS

Thaile Xavier Dantas

Resumo


O Estado Democrático de Direito estabeleceu princípios constitucionais na seara tributária de grande valia, visto que o poder público está vinculado as suas limitações, não lhe competindo cometer abusos no exercício de sua atividade tributacional.

A Constituição Federal consagra a dignidade humana como um dos fundamentos da República e tem por objetivos fundamentais a construção de uma sociedade livre, justa e solidária. Contudo, a imposição tributária desmedida vulnera os direitos fundamentais, motivo pelo qual o constituinte limitou os poderes dos entes públicos. O princípio da dignidade da pessoa humana estabelece os termos que asseguram ao cidadão a preservação do mínimo existencial que lhe permite viver em condições de igualdade e desenvolvimento através de planejamentos a serem desenvolvidos pelo próprio poder público.


Palavras-chave


princípio da dignidade da pessoa humana; contribuinte; tributação

Texto completo:

PDF

Referências


ATALIBA, Geraldo. República e Constituição. 2. ed. atualizada. São Paulo: Malheiros, 1998.

ÁVILA, Humberto. A distinção entre princípios e regras e a redefinição do dever de

proporcionalidade. Revista de Direito Administrativo, Rio de Janeiro, n. 215, jan.-mar. 199.

Humberto ÁVILA. Sistema Constitucional Tributário. São Paulo: Saraiva, 2004.

BARROSO, Luís Roberto; BARCELLOS, Ana Paula de. O começo da história: a nova interpretação constitucional e o papel dos princípios no direito brasileiro. In: BONAVIDES, Paulo (Org.). Revista Latino-Americana de Estudos Constitucionais. Belo Horizonte. n.2, julho/dezembro, 2003.

BARZOTTO, Luís Fernando. Os direitos humanos como direitos subjetivos: da dogmática jurídica à ética. Revista Direito e Justiça da Faculdade de Direito da PUCRS, Porto Alegre, v. 31, ano XXVII , n. 1, julho 2005).

BOGO, Luciano Alaor. Elisão tributária: licitude e abuso de direito. Curitiba: Juruá, 2006.

BUFFON, Marciano. Tributação e dignidade humana: entre os direitos e deveres

fundamentais. Porto Alegre: Livraria do Advogado, 2009.

CARVALHO, Kildare Gonçalves. Direito constitucional. 14. ed., rev. atual. e ampl. Belo Horizonte: Del Rey, 2008.

CARVALHO, Paulo de Barros. Curso de Direito Tributário. 18ª ed. rev. e atual. São Paulo: Saraiva, 2007.

COÊLHO, Sacha Calmon Navarro. Curso direito tributário brasileiro. 16ª ed. rev. e atual. Rio de Janeiro: Forense, 2018.

COÊLHO, Sacha Calmon Navarro. Curso de direito tributário brasileiro. 7ª ed. Rio de Janeiro: Forense, 2004.

JÚNIOR, Luiz Emygdio F. da Rosa. Manual de Direito Financeiro e Tributário. 10ª ed. Rio de Janeiro: Renovar, 1995.

GOMES, Sérgio Alves. Hermenêutica constitucional: um contributo à construção do Estado Democrático de Direito. Curitiba: Juruá, 2008.

KRELL, Andréas J.. Realização dos direitos fundamentais sociais mediante controle judicial da prestação dos serviços públicos básicos (uma visão comparativa). Revista de Informação Legislativa, Brasília, ano 36, n. 144, out.-dez. 1999.

LUÑO, Antonio Enrique Pérez. Derechos humanos, Estado de derecho y Constitucion. 6. ed. Madri: Tecnos, 1999.

MACHADO. Hugo de Brito. Curso de direito tributário. 23. ed. São Paulo: Malheiros.

PEZZI, Alexandra Cristina Giacomet. Dignidade da pessoa humana: mínimo existencial e limites à tributação no estado democrático de direito. Curitiba: Juruá, 2008.

PORTELLA, Simone de Sá. As imunidades tributárias na jurisprudência do STF. São Paulo: Baraúna, 2009.

SARLET, Ingo Wolfgang. A Eficácia dos Direitos Fundamentais. 4. ed. Porto Alegre: Livraria do Advogado, 2004.

SARLET, Ingo Wolfgang. A Eficácia dos Direitos Fundamentais. 4. ed. Porto Alegre: Livraria do Advogado, 2004.

STRECK, Lenio Luiz; MORAIS, José Luis Bolzan de. Ciência Política e Teoria Geral do Estado. 2ª ed. Porto Alegre: Livraria do Advogado, 2001.

TORRES, Ricardo Lobo. Tratado de direito constitucional, financeiro e tributário. Os direitos humanos e a tributação: imunidades e isonomia. 3ª ed. V. III. Rio de

Janeiro: Renovar, 2005.

TORRES, Ricardo Lobo. O poder de Tributar no Estado Democrático de Direito. In: Direito e poder: nas instituições e nos valores do público e do privado contemporâneos. TÔRRES, Heleno Taveira (Coord.). Barueri: Manole, 2005.

LÔBO, Paulo Luiz Netto. Boletim Instituto Brasileiro de Direito de família, n. 4, set.-out. 2007.

FACHIN, Zulmar. Curso de direito constitucional. 3. ed., rev., atual. e ampl. São Paulo: Método, 2008.

RAWLS, John. Liberalismo Político. Trad. Sergio René Madero Báez. México: Fondo de Cultura Econômica, 1992.

RAWLS, John. Uma teoria da justiça. São Paulo: Martins Fontes, 2002.

ROUSSEAU, Jean J. O contrato social. Trad. de Antônio de P. Machado. 5. ed. São Paulo: Ed. Edigraf Ltda, 1958.

Wertbetrachtung in Recht und ihre Grenzen, apud BONAVIDES, Paulo. Curso de direito constitucional. 15. ed. São Paulo: Malheiros, 2004.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Thaile Xavier Dantas

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

DIRETÓRIOS, PORTAIS E INDEXADORES:

 

 

 

  vLex Brasil

 

 

AVALIADO PELO

 

INSTITUCIONAL