FORMULAÇÃO DE POLÍTICAS PÚBLICAS EDUCACIONAIS APÓS A EMENDA CONSTITUCIONAL 95/2016: O IMPACTO DE UM NOVO REGIME FISCAL NA CONCRETIZAÇÃO DO DIREITO À EDUCAÇÃO

Bianca Tito, Rafael Alem Mello Ferreira

Resumo


O presente artigo tem como objetivo analisar de que forma a implementação de um Novo Regime Fiscal - NRF no Brasil, após a promulgação da Emenda Constitucional 95/2016, influencia na formulação de políticas públicas educacionais. Tal exercício se faz necessário tendo em vista a contribuição que pode dar ao Direito Brasileiro, isso frente a importância que as políticas públicas educacionais têm para a concretização do direito à educação, previsto constitucionalmente. Para tanto adota como metodologia a de pesquisa exploratória, realizando uma revisão bibliográfica dos autores que já discorreram quanto ao tema objeto aqui em análise. Como resultado verifica-se que a imposição de limitação gerada pelo NRF, a partir da adoção desta Emenda, cria dificuldades para que novas políticas públicas educacionais sejam formuladas e assim, consequentemente, também na concretização do direito à educação.

Palavras-chave


Emenda Constitucional 95/2016; Políticas Públicas; Educação; Novo Regime Fiscal; Estado Democrático

Texto completo:

PDF

Referências


Agência Câmara Notícias. Promulgada emenda constitucional do teto dos gastos públicos. Brasília, DF. Disponível em: Acesso em: 10 abr. 2019.

Agência Senado Notícias. Promulgada emenda constitucional do teto dos gastos públicos. Brasília, DF. Disponível em: Acesso em: 06 ago. 2019.

AMARAL, Nelson Cardoso. Com a PEC 241/55 (EC 95) haverá prioridade para cumprir as metas do PNE (2014-2024)? Rev. Bras. Educ., Rio de Janeiro, v. 22, n. 71, 2017. Disponível em: Acesso em: 06 ago. 2019.

ASSIS, Ana Elisa Spaolonzi Queiroz. Políticas Públicas e Direito: Possibilidades de Pesquisa. In: SIMIONI, Rafael Lazzarotto (Org.). Constitucionalismo e democracia 2018: reflexões do programa de pós-graduação em direito da FDSM. São Paulo: Editora Max Limonad, 2018. p. 13-38.

BRASIL. Constituição Federal. Brasília: Senado Federal, 1988. Disponível em: Acesso em: 10 abr. 2019.

BRASIL. Constituição (1988). Emenda Constitucional nº 95, de 15 de dezembro de 2016. Altera o Ato das Disposições Constitucionais Transitórias, para instituir o Novo Regime Fiscal, e dá outras providências. Diário Oficial da União, Brasília, 15 dez. 2016. Disponível em: Acesso em: 10 abr. 2019.

BRASIL. Exposição de Motivos Interministerial –EMI nº 00083/2016 MF MPDG. Brasília, DF, 2016. Disponível em: Acesso em: 20 ago. 2019.

COSTA, Denise Souza. Direito fundamental à educação, democracia e desenvolvimento sustentável. Belo Horizonte: Fórum, 2011.

CRUMPTON, Charles David et al. Evolução de políticas públicas no Brasil e nos Estados Unidos: análise da pesquisa nos últimos 10 anos. Rev. Adm. Pública, Rio de Janeiro, v. 50, n. 6, p. 981-1001, nov./dez. 2016. Disponível em: Acesso em: 22 ago. 2019.

Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação – FNDE. Ministério da Educação. Site oficial. Sobre o Salário-Educação. Brasília, DF. Disponível em: Acesso em: 06 ago. 2019.

FREY, Klaus. Políticas públicas: um debate conceitual e reflexões referentes à prática da análise de políticas públicas no Brasil. Planejamento e Políticas Públicas: PPP, Brasil, n. 21, p. 211-259, jun. 2000. Disponível em: Acesso em: 17 abr. 2019.

HAM, C. & HILL, M. Racionalidade e Tomada de decisões. In: The Policy Process in the Modern Capitalist State. London: Harvester, 1993. Tradução livre por Renato Amorin e Renato Dagnino. Material Restrito. p. 111-133.

MARIANO, Cynara Monteiro. Emenda constitucional 95/2016 e o teto dos gastos públicos: Brasil de volta ao estado de exceção econômico e ao capitalismo do desastre. Revista de Investigações Constitucionais, Curitiba, v. 4, n. 1, p. 259-281, jan./abr. 2017. Disponível em: Acesso em: 10 abr. 2019.

MARTINS, Paulo de Sena. Pior a emenda que o soneto: os reflexos da EC 95/2016. Revista Retratos da Escola, Brasília, v. 12, n. 23, p. 227-328, jul./out. 2018. Disponível em: Acesso em 20 ago. 2019.

OLIVEIRA, Cleiton de; SILVA, Guaracy. O Novo Regime Fiscal: tramitação e impactos para a educação. Revista Brasileira de Política e Administração da Educação – RBPAE, Porto Alegre, v. 34, n. 1, p. 253-269, jan./abr. 2018. Disponível em: Acesso em: 14 ago. 2019.

ROSSI, Pedro; DWECK, Esther. Impactos do Novo Regime Fiscal na saúde e educação. Cad. Saúde Pública - CSP, Rio de Janeiro, v. 32, n. 12, dez. de 2016. Disponível em: Acesso em: 10 abr. de 2019.

SANTOS, Wanderley Guilherme dos. A trágica condição da política social. In: S. H. Abranches; W. G. dos Santos & M. A. Coimbra (Orgs.), Política Social e combate à pobreza. 2ª ed. P. 33-63. Rio de Janeiro: Jorge Zahar. 1987.

VAIRÃO JUNIOR, Newton Sérgio; ALVES, Francisco José dos Santos. A EMENDA CONSTITUCIONAL 95 E SEUS EFEITOS. Revista de Contabilidade do Mestrado em Ciências Contábeis da UERJ, Rio de Janeiro, v. 22, n. 2, p. 54-75, maio/ago. 2017. Disponível em: Acesso em: 10 abr. 2019.

VILLANUEVA, L. F. A. Estudio Introductorio. In: VILLANUEVA, L. F. A. La hechura das Politicas Públicas. México: Porrua Editores, 1996.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2021 Bianca de Paiva F. B. B. de Sant'Ana Tito, Rafael Alem Mello Ferreira

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

DIRETÓRIOS, PORTAIS E INDEXADORES:

 

 

 

  vLex Brasil

 

 

AVALIADO PELO

 

INSTITUCIONAL