Conselhos de ciclos na escola pública: representações sociais e práticas de professores

Laêda Bezerra Machado, Williany Fênix de Souza Silva

Resumo


Este artigo analisa as representações sociais e práticas de professoras nos conselhos de ciclos de escolas públicas municipais de Recife-PE. As participantes foram 10 professoras que atuavam nos primeiros ciclos do ensino fundamental. Foram utilizados como procedimentos de coleta de dados: a entrevista e a observação. Os resultados apontaram nos discursos das professoras uma representação social de conselho de ciclos como espaço coletivo de socialização das experiências, desenvolvimento e acompanhamento do aluno. Por outro lado, as práticas destoaram desses discursos. Nelas o conselho de ciclos constituiu-se como lugar de encontro formal, no qual questões de ordem burocrática da escola ganharam mais relevo do que às relacionadas ao ensino aprendizagem dos alunos. O estudo sugere outros aprofundamentos como desenvolvimento de pesquisas de natureza etnográfica com maior número de conselhos que enfatizem essas práticas.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.