Diálogo de alfabetos

Fabíola Valença

Resumo


Este artigo é uma proposta de interpretação sobre a dupla estabelecida entre oartista (sua obra) e o fruidor. Está pensado a partir da minha própria experiência como artista plástica na relação que as exposições performativas estabeleceram com os participantes. Considera-se a interação estabelecida pela provocação artística realizada perante o público como um ponto de partida para suscitar reações que se possibilitaram e não se controlam. Neste sentido, escrevo este artigo com um objectivo:  considerar que se podem entender essas reações como arte em estado germinal. Em certa medida, esta escrita seguirá esse rumo.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.