A Formação Docente em Lexicografia e a Realidade sobre o Trabalho com Dicionários em Sala de Aula

Adja Balbino de Amorim Barbieri Durão, Rosane Maria Bolzan

Resumo


Resumo: O texto apresenta a proposta e a execução de um curso de formação de professores com o objetivo de divulgar o dicionário como instrumento didático. Para tal, propõe-se como empregá-lo adequadamente para que contribua para a aprendizagem da leitura, da interpretação, da produção escrita e do vocabulário. O curso tem em vista a formação do professor, haja vista ele desempenhar um papel fundamental na condução dos aprendizes rumo à expansão dos conhecimentos. Nesse sentido, coletaram-se informações dos professores para averiguar o seu perfil, a sua opinião sobre o uso de dicionários em suas aulas e de que forma os utilizam. O resultado demonstrou que as obras lexicográficas são subutilizadas, que não há acervo suficiente para que se realize um trabalho adequado, que não há tipos de dicionários adequados a seus usuários e também que são obras desconhecidas pela maioria dos professores quanto ao seu potencial e características.

Palavras-chave: Lexicografia, dicionários escolares, formação docente.



Abstract: This paper presents a proposal for a training course for teachers in order to improve the use of dictionaries in their classrooms. The training course proposes a method how to employ dictionaries properly in order to contribute to the learning of reading, interpretation, writing and vocabulary. The course is focused on training teachers, as they play a key role in leading the students towards the use of the dictionaries. Proper information about the teachers were collected in view of to build a profile about their expectations and how they use the dictionaries in their classrooms. The results showed that the lexicographical works are underutilized. It was further observed that there are not adequate dictionaries for the different purposes they can serve, and that the existents ones are not adequate for the users of them. Moreover, the dictionaries are not properly used because teachers don’t know how to do that.

Keywords: Lexicography, school dictionaries, teachers formation.

Texto completo:

PDF

Referências


DAMIM, C. P.; PERUZZO M. S. Uma descrição dos dicionários escolares no Brasil. In: XATARA C.; HUMBLÉ P. (Org.). Cadernos de tradução. Tradução e lexicografia pedagógica. Florianópolis, v. 18, p. 93-113, 2006.

______. Parâmetros para uma avaliação do dicionário escolar, 2005. Dissertação (Mestrado em Letras) - Programa de Pós-Graduação em Letras, UFRGS.

Edital de licitação para compra de dicionários 2011. Disponível em: http://www.dihitt.com.br/mec-lanca-edital-de-licitaçao-para-compra-de-10-milhoes-de-dicionarios. Acesso em: 02 fev. 2011.

GOMES, P. V. N. O processo de aquisição lexical na infância e a metalexicografia do dicionário escolar. 2007. Tese (Doutorado em Linguística) – Curso de Pós-Graduação em Linguística, Universidade de Brasília, UNB.

KRIEGER, M. da G. Dicionário de língua: um instrumento didático pouco explorado. In: TOLDO, C. S. (Org.). Questões de Linguística. Passo Fundo: UPF, 2003, p. 70-87.

______. Políticas públicas e dicionários para escola: o programa nacional do livro didático e seu impacto sobre a lexicografia didática. In: XATARA C.; HUMBLÉ P. (Org.). Cadernos de tradução. Tradução e lexicografia pedagógica. Florianópolis, v. 18, p. 235-252, 2006.

______. O dicionário de língua como potencial instrumento didático. In: ISQUERDO, A. N.; ALVES, I. M. (Org.). As ciências do léxico: lexicologia, lexicografia, terminologia. Campo Grande: Ed. UFMS; São Paulo: Humanitas, 2007, v. III, p. 295-309.

MALDONADO, Concepción. El uso del diccionario en el aula. 2. ed. Madrid: Arco/Libros, 2008. (Cuadernos de Lengua Española, n. 53).

MORAES, A. C. de; XATARA, C. M. A utilização de dicionários de Língua Portuguesa em salas de aula do Ensino Fundamental. Horizontes de Linguística Aplicada (UnB), v. 6, no. 2, p. 15-32, 2007.

RANGEL, E. de O. Dicionários escolares e políticas públicas em educação: a relevância da “proposta lexicográfica”. In: CARVALHO, O. L. de S.; BAGNO, M. (Org.). Dicionários escolares: políticas, formas & usos. São Paulo: Parábola, 2011, p. 37-60.

_____.; BAGNO, M. Dicionários em sala de aula. Brasília: Ministério da Educação, Secretaria da Educação Básica, 2006, p. 19, 21. Disponível em: http://portal.mec.gov.br. Acesso em: 23 set. 2010.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




 

Qualis (CAPES): B1-LETRAS / LINGUÍSTICA; B1-EDUCAÇÃO; B1-FILOSOFIA/TEOLOGIA:subcomissão FILOSOFIA; B1-INTERDISCIPLINAR; B3-CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS; B3-HISTÓRIA; B3-PSICOLOGIA; B5-EDUCAÇÃO FÍSICA; B5-ODONTOLOGIA; B5-SERVIÇO SOCIAL; C-ARTES / MÚSICA

Diretórios:


Indexadores:

 

Directory of Open Access Journals


Associação de revistas acadêmicas latinoamericanas de humanidades e ciências sociais

Institucional