Trabalho e educação: o discurso publicitário de uma instituição de ensino superior privada

Silma Ramos Coimbra Mendes

Resumo


Resumo: Com a crise do taylorismo e do fordismo, no início dos anos 1970, o capitalismo começou a apresentar sinais claros de uma crise estrutural que afetou o mundo do trabalho e demandou uma resposta imediata. O objetivo deste estudo é refletir, do ponto de vista lingüistico-discursivo, sobre essas mudanças, por meio da análise de discursos que circularam em uma instituição de ensino superior privada paulista (IES). Por meio da exploração da dêixis discursiva, itens lexicais, cenografias e ethé dos materiais publicitários selecionados, foi possível observar um funcionamento discursivo que aponta para um continuum de alinhamento dessa instituição analisada aos “novos tempos”.

Palavras-chave: educação superior, trabalho, discurso.



Abstract: The crisis of taylorism and fordism, in the beginning of 1970s, made capitalism begin to present clear signs of a structural crisis that affected the work world and demanded an immediate answer. The aim of this study is to reflect, from a linguistic discursive point of view, these changes, by means of an analysis of discourses that circulate in a private university (IES). Through the exploration of discursive deixis, lexical itens, scenographies and ethé of the selected advertising materials it was possible to observe a discursive functioning that points to a continuous movement of alignment of this institution analyzed to the “new times”.

Keywords: higher education, work, discourse.


Texto completo:

PDF

Referências


ANTUNES, R. (1999) Os sentidos do trabalho. Ensaio sobre a afirmação e a negação do trabalho. São Paulo: Boitempo.

CHAUÍ, M. (2000) Escritos sobre a universidade. São Paulo: Unesp.

FAIRCLOUGH, N. (1996) Technologisation of discourse. In CALDAS-COULTHARD, C.R. & COULTHARD, M. (orgs) Texts and Practices Readings in Critical Discourse Analysis: Routledge, p. 71-83.

MAINGUENEAU, D. (1984/2005) Gênese dos Discursos. Trad. Sírio Possenti. Curitiba: Criar.

__________________. ( 2002) Análise de textos de comunicação. Trad. Cecília de Souza e Silva & Décio Rocha. São Paulo: Cortez.

__________________. ( 2005) Ethos, cenografia, incorporação. In AMOSSY, R. (0rg.) Images de si no discurso – a construção do ethos. São Paulo: Contexto.p.37-50.

_________________. (2006) Cenas de Enunciação. Tradução Sírio Possenti e Maria Cecília Souza-e-Silva. Curitiba: Criar.

__________________. (2008) A propósito do ethos. In MOTTA, A. R. & SALGADO, L. (org) Ethos discursivo. São Paulo: Contexto.

MANCEBO, D. (1996) Estratégias Discursivas neoliberais: uma contribuição para a análise de suas repercussões na educação e na universidade.

Disponível em http://www.educacaoonline.pro.br/estrategias_discursivas.asp.

SENNETT, R. (1999). A Corrosão do caráter: Conseqüências pessoais do trabalho no novo capitalismo. Rio de Janeiro.São Paulo: Record.

SGUISSARDI,V. (org) (2000) Educação Superior Velhos e Novos Desafios. São Paulo: Xamã.

SOUZA-E-SILVA, M.C.P.. (2008 ) O trabalho do professor sob um enfoque ergológico-discursivo. InRevista Científico, n. XIV, São Paulo.

SCHWARTZ, Y. (1997) L’homme, le marché, la cité. In Montelh, B. (org) C’est quoi le travail? Quelles valeurs transmettre à nous enfants? (Collection Mutations n. 174) Paris: Éditions Autrement. p. 3750.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




 

Qualis (CAPES): B1-LETRAS / LINGUÍSTICA; B1-EDUCAÇÃO; B1-FILOSOFIA/TEOLOGIA:subcomissão FILOSOFIA; B1-INTERDISCIPLINAR; B3-CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS; B3-HISTÓRIA; B3-PSICOLOGIA; B5-EDUCAÇÃO FÍSICA; B5-ODONTOLOGIA; B5-SERVIÇO SOCIAL; C-ARTES / MÚSICA

Diretórios:


Indexadores:

 

Directory of Open Access Journals


Associação de revistas acadêmicas latinoamericanas de humanidades e ciências sociais

Institucional