Leitura-Escrita de textos de opinião a partir da taxonomia de Bloom

Abuêndia Padilha

Resumo


Resumo: Este estudo objetiva mostrar até que ponto o ensino/aprendizagem da leitura de gêneros textuais, tais como textos de opinião  levam os alunos a utilizar os pressupostos da taxonomia e dos objetivos educacionais de Bloom, no âmbito do domínio cognitivo, (1956-1974) com o intuito de adaptá-los, sob a forma escrita, a novas taxonomias de capacitação cognitiva mais relevantes e precisas, como as de Marzano (2000), Anderson e Krathwohl (2000). Tais taxonomias levam os educadores a reconhecerem que o ensino e a aprendizagem abrangem muito mais do que o simples raciocínio. Eles envolvem os sentimentos e as crenças de alunos e professores, bem como o ambiente sociocultural da sala de aula.Os resultados revelam que um estudo fundamentado nas crenças, na afeição e nos processos cognitivos conduz os aprendizes a um domínio eficaz das habilidades produtivas e receptivas da língua.

Palavras-Chave: Taxonomia, Ensino/Aprendizagem. Leitura/ Escrita.

 

Abstract: This  paper aims at showing how  the teaching and learning of textual genres such as opinion texts help students use presuppositions from Bloom´s taxonomy (1956-1974) and educational objectives in order to adapt them to new and relevant taxonomies such as those from Marzano’s (2000) Anderson and Krathwohl (2000). These taxonomies help teachers recognize that the teaching and learning of a language involve more than simple reasoning. They not only involve teachers’  and students’ feelings and beliefs but also classroom environment. The results show that a study based on affection and  on cognitive processes lead learners to an  efficient  selfcontrol of their productive and receptive skills.

Key-words: Taxonomy, Teaching/Learning, Reading/Writing.


Texto completo:

PDF

Referências


ALVARENGA, Tales. Medo de Mulher. Veja, 11/08/2004

ANDERSON, L.W. e KRATHWOT D.R. A Taxonomy for Learning, Teaching and Assessing: A Revision of Bloom’s Taxonomy of Educational Objectives. New York:Longman, 2000.

BLOOM, B.S. Taxonomy of Educational Objectives: the Classification of Educational Goals. New York: London, 1956.

BLOOM, B et al. Taxonomia de Objetivos Educacionais. Domínio Cognitivo. Porto Alegre: Globo, 1974.

BRONCKART, J. P. Atividade de Linguagem, Discurso e Desenvolvimento Humano. Campinas, SP. : Mercado de Letras, 2008.

______.O Agir nos Discursos. Das concepções teóricas às concepções dos trabalhadores. Campinas, SP: Mercado de Letras, 2008.

BAZERMAN, Charles. Escrita, Gênero e Interação Socia. Judith Hoffnagel, e Angela Dionisio (org.). S. Paulo: Cortez, 2007.

LUFT, LYA. Sobre Pais e Filhos. Veja, 16/06/2004

MACHADO, Anna Rachel et al. Linguagem e Educação. O ensino e a aprendizagem de gêneros textuais. Campinas, SP: Mercado de Letras, 2009.

______. Produção Textual, Análise de Gêneros e Compreensão. S Paulo: Parábola Editorial, 2008.

MARZANO, R.J. Designing a New Taxonomy of Educational Objectives .Thousand Oaks, CA: Corwin, 2000.




DOI: https://doi.org/10.19134/eutomia-v1i06p%25p

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




 

Qualis (CAPES): B1-LETRAS / LINGUÍSTICA; B1-EDUCAÇÃO; B1-FILOSOFIA/TEOLOGIA:subcomissão FILOSOFIA; B1-INTERDISCIPLINAR; B3-CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS; B3-HISTÓRIA; B3-PSICOLOGIA; B5-EDUCAÇÃO FÍSICA; B5-ODONTOLOGIA; B5-SERVIÇO SOCIAL; C-ARTES / MÚSICA

Diretórios:


Indexadores:

 

Directory of Open Access Journals


Associação de revistas acadêmicas latinoamericanas de humanidades e ciências sociais

Institucional