Desenvolvimento humano e o papel do Signo na constituição da linguagem verbal, da fala e da consciência humana: Pressupostos de Vigotski, Leontiev e Luria

Anderson Borges Corrêa, Ana Maria Esteves Bortolanza

Resumo


Este artigo constitui parte de uma dissertação de Mestrado, em que o desenvolvimento humano é compreendido em seu aspecto sócio-histórico, pois resulta de processos de apropriação de bens culturais historicamente constituídos em atividades mediadas pela linguagem, a qual, como atividade semiótica que se realiza por meio das modalidades de fala, possibilita a comunicação e a constituição das funções psíquicas superiores humanas, como a consciência. O objetivo é contribuir com uma discussão sobre as ideias de Vigotski e seus colaboradores para a Ciência da Linguagem e para a popularização desses conhecimentos na educação. Situado na perspectiva histórico-cultural, este texto parte das concepções de Vigotski, Leontiev e Luria sobre o desenvolvimento humano e a linguagem verbal, com foco no papel do signo como meio para o desenvolvimento das funções psicológicas superiores humanas. Apresentamos as implicações das ideias desses autores para a Ciência da Linguagem e ressaltamos, na conclusão, que suas contribuições representam avanços revolucionários para a continuidade de estudos no campo da linguagem, bem como para as possibilidades de investigação em contextos educacionais de processos relacionados à linguagem e à consciência.

Palavras-chave


Desenvolvimento humano; signo; linguagem verbal; fala; consciência humana.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.19134/eutomia-v1i21p97-119



 

Qualis (CAPES): B1 (Quadriênio 2013-2016)

Diretórios:


Indexadores:

 JURN: Get the research you need, free

Directory of Open Access Journals


Associação de revistas acadêmicas latinoamericanas de humanidades e ciências sociais

 

 

Institucional