Poesia brasileira contemporânea: algumas notas

André Dick

Resumo


Resumo: A poesia brasileira contemporânea recorre ao conceito de tradição para estabelecer a comunicação entre tempos e autores diferentes. Ao mesmo tempo, está inserida na busca pela criação e pela experiência – aliada à tradição e à linguagem – que seus autores emprestam às obras. De modo geral, ela está num plano de diálogo e de busca que incluem o sujeito e a maneira como ele se coloca diante do mundo.

Palavras-chave: Poesia brasileira contemporânea, Tradição, Modernidade, Linguagem, Experiência, Intertexto.

 


Abstract: Brazilian contemporary poetry appeals to the concept of tradition in order to establish a link between different authors and times. At the same time, it deals with the quest for creation and experience – along with tradition and language – that its authors will imprint to their work. Generally speaking, it is on a platform of dialogue and quest which include the subject and the way the subject poses itself in face of the world.

Key-words: Brazilian contemporary poetry, Tradition, Modernity, Language, Experience, Intertext.

 

 

 

 

 

 


Texto completo:

PDF

Referências


AGAMBEN, Giorgio. Programa para uma revista. In: Infância e história: destruição da experiência e origem da história. Tradução de Henrique Burigo. Belo Horizonte: Ed. UFMG, 2005. p. 159-170.

_______. O que resta de Auschwitz: o arquivo e a testemunha (Homo Saccer III). Tradução de Selvino J. Assmann. São Paulo: Boitempo, 2008.

ANDRADE, Carlos Drummond de. Poesia completa. Rio de Janeiro: Nova Aguilar, 2002.

BAPTISTA, Josely Vianna. Sol sobre nuvens. São Paulo: Perspectiva, 2007.

_______. Roça barroca. São Paulo: Cosac Naify, 2011.

BARTHES, Roland. Inéditos – Teoria, v. 1. Tradução de Ivone Castilho Benedetti. São Paulo: Martins Fontes, 2004.

_______. A preparação do romance, v. II. Tradução de Leyla Perrone-Moisés. São Paulo: Martins Fontes, 2005.

_______. O grão da voz. Tradução de Mario Laranjeira. São Paulo: Martins Fontes, 2004.

CAMPOS, Haroldo de. Crisantempo: no espaço curvo nasce um. São Paulo: Perspectiva, 1998.

_______. Entremilênios (Org. Carmen de P. Arruda Campos). São Paulo: Perspectiva, 2009.

_______. Metalinguagem & outras metas. 4. ed. São Paulo: Perspectiva, 1992a.

_______. Poesia e modernidade: da morte da arte à constelação. O poema pós-utópico. In: O arco-íris branco: ensaios de literatura e cultura. Rio de Janeiro: Imago, 1997. p. 243-269.

_______. Os melhores poemas de Haroldo de Campos. Seleção de Inês Oseki-Dépré. São Paulo: Global, 1992b.

_______. Xadrez de estrelas: percurso textual 1949-1974. São Paulo: Perspectiva, 1976.

CASTELLO, José. Inventário das sombras. Rio de Janeiro: Record, 1999.

CESAR, Ana Cristina. Antigos e soltos: poemas e prosas da pasta rosa (Org. Viviana Bosi). São Paulo: Instituto Moreira Salles, 2008.

_______. Correspondência completa (Org. Armando Freitas Filho e Heloisa Buarque de Hollanda). Rio de Janeiro: Aeroplano, 1999.

_______. Inéditos e dispersos (Org. Armando Freitas Filho). São Paulo: Instituto Moreira Salles; Ática, 1998.

COMPAGNON, Antoine. Literatura para quê? Tradução de Laura Taddei Brandini. Belo Horizonte: Ed. UFMG, 2009.

_______. O demônio da teoria: literatura e senso comum. Tradução de Cleonice Paes Barreto Mourão e Consuelo Fortes Santiago. Belo Horizonte: Ed. UFMG, 1999.

DEGUY, Michel. Reabertura após dobras. Tradução de Marcos Siscar e Paula Glenadel. Campinas: Ed. da Unicamp, 2010.

DIDI-HUBERMAN, George. Sobrevivência dos vaga-lumes. Tradução de Vera Casa Nova e Márcia Arbex. Belo Horizonte: Ed. UFMG, 2011.

ELIOT, T. S. Ensaios. Tradução de Ivan Juqueira. São Paulo: Art Editora, 1989.

FAUSTINO, Mário. A poesia “concreta” e o momento poético brasileiro. In: BOAVENTURA, Maria Eugenia (Org.). De Anchieta aos concreta: poesia brasileira no jornal. São Paulo: Companhia das Letras, 2003, p. 469-482.

LEITE, Sebastião Uchoa. A ficção vida. São Paulo: Ed. 34, 1993.

_______. A uma incógnita. São Paulo: Iluminuras, 1991.

_______. Jogos e enganos. Rio de Janeiro: Ed. 34; Ed. UFRJ, 1995.

_______. Obra em dobras (1960-1988). São Paulo: Duas Cidades, 1988.

JAKOBSON, Roman. A geração que esbanjou seus poetas. Tradução de Sonia Regina Martins Gonçalves. São Paulo: Cosac Naify, 2006.

LEMINSKI, Paulo. Caprichos & relaxos. São Paulo: Brasiliense, 1983.

_______. Information retrieval: a recuperação da informação. In: Ensaios e anseios crípticos (Org. e Sel. Alice Ruiz e Aurea Leminski). Curitiba: Polo Editorial do Paraná, 1997. p. 63-69.

_______. Envie meu dicionário: cartas e alguma crítica (Org. Régis Bonvicino). São Paulo: Ed. 34, 1999.

_______. La vie en close.5. ed. São Paulo: Brasiliense, 1994.

MALUFE, Annita Costa. Como se caísse devagar. São Paulo: Ed. 34, 2008.

_______. Fundos para dias de chuva. Rio de Janeiro: 7Letras, 2004.

_______. Nesta cidade e abaixo dos teus olhos. Rio de Janeiro: 7Letras, 2007.

_______. Poéticas da imanência: Ana Cristina Cesar e Marcos Siscar. Rio de Janeiro: 7Letras, 2011.

_______. Territórios dispersos: a poética de Ana Cristina Cesar. São Paulo: Annablume, 2006.

MELO NETO, João Cabral de. Obra completa. Rio de Janeiro: Nova Aguilar, 1999.

MENDES, Murilo. Poesia completa e prosa (Org., prep. do texto e notas de Luciana Stegagno Picchio). Rio de Janeiro: Nova Aguilar, 1994.

MORAES NETO, Geneton. Dossiê Drummond. 2. ed. rev. e ampl. São Paulo: Globo, 2007.

PAZ, Octavio. Os filhos do barro: do romantismo à vanguarda. Tradução de Olga Savary. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1984.

PIGNATARI, Décio. Contracomunicação. 2. ed. São Paulo: Perspectiva, 1973.

POLITO, Ronald. De passagem. São Paulo: Nankin Editorial, 2002.

_______. Intervalos. Rio de Janeiro: 7Letras, 1998.

_______. Solo. Rio de Janeiro: 7Letras, 1996.

_______. Terminal. Rio de Janeiro: 7Letras, 2006.

SARMATZ, Leandro. Logocausto. Florianópolis: Casa da Palavra, 2009.




DOI: https://doi.org/10.19134/eutomia-v1i09p%25p

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




 

Qualis (CAPES): B1-LETRAS / LINGUÍSTICA; B1-EDUCAÇÃO; B1-FILOSOFIA/TEOLOGIA:subcomissão FILOSOFIA; B1-INTERDISCIPLINAR; B3-CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS; B3-HISTÓRIA; B3-PSICOLOGIA; B5-EDUCAÇÃO FÍSICA; B5-ODONTOLOGIA; B5-SERVIÇO SOCIAL; C-ARTES / MÚSICA

Diretórios:


Indexadores:

 

Directory of Open Access Journals


Associação de revistas acadêmicas latinoamericanas de humanidades e ciências sociais

Institucional