José de Alencar: por uma historicidade em mão dupla

Marcelo Peloggio

Resumo


O artigo identifica o espaço romanesco como o elemento de mediação entre o fato e a ficção no romance histórico de José de Alencar, aproximando, desta maneira, o pensamento historiográfico da representação literária.

Texto completo:

PDF

Referências


ALENCAR, José de. 1965. A polêmica Alencar-Nabuco. In: COUTINHO, Afrânio (org). A polêmica Alencar-Nabuco. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro.

______. 1953. Nota referente à 1ª edição. In: ______. Guerra dos mascates. Crônica dos tempos coloniais. 2a ed. Rio de Janeiro: José Olympio. V. XIV.

______. 1981. O Rio de Janeiro – prólogo. In: FREIXIEIRO, Fábio. Alencar: os bastidores e a posteridade. 2a ed. Rio de Janeiro: Museu Histórico Nacional, p. 109-14.

CASCUDO, Luís da Câmara. 1955. O folclore na obra de José de Alencar. In: ALENCAR, José de. Til. Romance brasileiro. 3a ed. Rio de Janeiro: José Olympio, p. 3-10. V. XI.

COLLINGWOOD, R. G. 1986. A ideia de história. Trad. de Alberto Freire. 6ª ed. Lisboa: Editorial Presença.

CROCE, Benedetto. 1974. História e crônica. In: GARDINER, Patrick. Teorias da história. Trad. de Vítor Matos e Sá. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian, p. 275-83.

FOGEL, R. W.; ELTON, G. R. 1989. ¿Cuál de los caminos al pasado? Dos visiones de la historia. Cidade do México: Fondo de Cultura Económica.

GARDINER, Patrick. 1971. Teorias da história. Trad. de Vítor Matos e Sá. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian.

LACAPRA. Dominick. 1983. Rethinking intellectual history: texts, contexts, language. New York: Ithaca.

RICOEUR, Paul. 1997. Tempo e narrativa. Trad. de Roberto Leal Ferreira. Campinas: Papirus. III t., t. III.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Revista Investigações - Linguística e Teoria Literária. Programa de Pós-graduação em Letras da Universidade Federal de Pernambuco.

ISSN Edição Digital 2175-294X - ISSN Edições Impressas 0104-1320

www.ufpe.br/pgletras - www.pgletras.com.br

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.