Velhas e novas descobertas do Brasil: a Carta de Caminha outra vez

Maria Aparecida Ribeiro

Resumo


O presente trabalho retoma as ideias expostas no livro A Carta de Caminha e seus Ecos (2003) e aduz outros exemplos de glosas ao texto fundador do Brasil: pinturas, azulejos, poesias eruditas e populares, literatura infantil, crônicas e até um traje de bumba-meu-boi mostram que os temas recorrentes permanecem e que portugueses e brasileiros continuam a marcar a sua leitura de forma diferente.

Texto completo:

PDF

Referências


ALENQUER, Camila. 2000. Agora são Outros 500! A Saga de Fulana de TaL. Juazeiro do Norte: Sociedade dos Cordelistas Mauditos.

ANDRADE, Carlos Drummond de. 4/4/1970. “Floriano lá em Cima”, Rio de Janeiro, Jornal do Brasil.

______. 1972. “O Notão”, Rio de Janeiro, Jornal do Brasil.

______. 10/7/1979. “À Maneira de Contos”, Rio de Janeiro, Jornal do Brasil.

______. 10/3/1984. “O broto desde Pero Vaz de Caminha”, Rio de Janeiro, Jornal do Brasil.

ARAÚJO, Murillo. 1960. Poemas Completos, Rio de Janeiro: Irmãos Pongetti. 3 v.

BATISTA, Abraão. 1998. O Descobrimento que não foi. Juazeiro do Norte: s.e.

BERGSON, Henri. 1975. Le Rire: essai sur la signification du comique. Paris: Univ. de France.

BORGES, José Francisco. 2000. 500 anos de Brasil. Bezerros (Pernambuco): ed. do autor.

BRANDÃO, Toni. 1999. A Carta de Pêro Vaz de Caminha (para crianças). São Paulo: Studio Nobel.

CASTRO, D. José Brandão de. [1978]. Os Estranhos Sermões de Vieira. Petrópolis: Editora Vozes.

CARVALHO, Rafael. [1980]. De Pero Vaz a Maluf tem Muito Angu e Caroço ou O Drama do Servidor. São Paulo: União Nacional dos Servidores Públicos Civis do Brasil (UNSP).

CORRÊA, Viriato. 1932. “A Galinha Histórica”. In. – Gaveta de Sapateiro – miudezas desarrumadas da História Nacional. São Paulo: Companhia Editora Nacional, p. 13-14.

DANTAS, Anchieta. s.d. A Verdadeira “História do Brasil”. [Fortaleza]: Gráfica Urânia.

DANTAS, Eugênio. 1993. A Estória do Brasil. Crato (Ceará): Academia dos Cordelistas do Crato.

DUTRA, Hugo Tavares. 2000. Brasil antes e depois – Brasil 500 anos. Mossoró (Rio Grande do Norte): Fundação Vinnt-Un Rosado. (Coleção Mossoroense, 17).

FANKA. 2000. Agora são Outros 500! Tupy or not Tupy. Juazeiro do Norte (Ceará): Sociedade dos Cordelistas Mauditos.

FERNANDES, Millôr. 1978. Que País é Este?. Rio de Janeiro: Nórdica.

FERRAZ, Hélio. 2000. Agora são Outros 500! A Farsa. Juazeiro do Norte (Ceará): Sociedade dos Cordelistas Mauditos.

FURTADO, Jorge; ARRAES, Guel. 2000. A Invenção do Brasil. Rio de Janeiro: Editora Objetiva.

GARCEZ, Lucília. 1999. Notícias do Descobrimento. Belo Horizonte: Movimento.

HENSI, Lilia Scarano; SCARANO, Julita. 2000. Descobrindo o Brasil. São Paulo: BEIComunicação.

LEAL, César. 2000. “Dois Navegadores”. In. ALMINO, João; SARAIVA, Arnaldo (org.). Literatura Portuguesa e Brasileira. Ano 2000. Porto: Congresso Portugal-Brasil Ano 2000; Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian.

LEMOS, João de. 2000. Auto da Viagem à Terra de Santa Cruz. São Paulo: Scortecci.

MACHADO, Cirilo Wolkmar. 1936-1938. “Descrição das Pinturas do Real Palácio de Mafra” (ed. de J. M. Cordeiro de Sousa), Revista de Arqueologia, t. 3, p.105-112, 134-139, 177-186 e 207-211.

NOBRE, Edianne. 2000. Agora são Outros 500! (Fatos Reais). Juazeiro do Norte (Ceará): Sociedade dos Cordelistas Mauditos.

NOGUEIRA, Fernandes. 2000. Agora são Outros 500! O Veredicto. Juazeiro do Norte (Ceará): Sociedade dos Cordelistas Mauditos.

PAES, José Paulo. 1961. “Novas Cartas Chilenas”. In. – Poemas Reunidos. São Paulo: Cultrix, p. 39-86.

______. 1996. “Meia Palavra Inteira”. In. Moisés, Carlos Felipe. Literatura para quê?. Florianópolis: Letras Contemporâneas, p. 125-140.

PERNES, Miguel Nabais; ESTEIREIRO, Paulo. 2004. O Achamento do Brasil, um guia para a audição da ópera em dois actos de Jorge Sagueiro; libreto de Risoleta Pinto Pedro. Lisboa: Foco Musical. (ilustrações de Artur Félix Costa).

RIBEIRO, Maria Aparecida. 2003. A Carta de Caminha e seus Ecos – estudo e antologia. Coimbra: Angelus Novus.

ROCHA, Sílvia de Matos. 2000. 500 Anos de História. Juazeiro do Norte (Ceará): SESC.

SAAB, Paulo. 1999. 1500. A Grande Viagem (romance de ficção histórica). São Paulo: Augustus.

SALGUEIRO, Jorge; PEDRO, Risoleta Pinto. 2004. O Achamento do Brasil, uma ópera em banda desenhada. Lisboa: Foco Musical. (desenhos de Artur Félix Costa).

SILVA, Da Costa e. 2000. Poesias Completas. Rio de Janeiro: Nova Fronteira.

SILVA, Rita de Cássia S. 1999. Cabral discovers Mãiara. Rio de Janeiro: São Paulo, FTD.

TAPIOCA, Rui. 2004. O Proscrito – Memorial do Pai Adão Brasílico, “Crônica da vida e dos feitos do fidalgo português Pêro da Grã Verga Pinto Albaralhão”. Rio de Janeiro: Rocco.

TEJO, Orlando. 2000. Zé Limeira, Poeta do Absurdo. João Pessoa: Universidade Federal da Paraíba – Editora Universitária.

TELES, Gilberto Mendonça. 2002. Hora Aberta. Poemas Reunidos. Petrópolis: Vozes.

VERÍSSIMO, Luís Fernando. 1983. A Velhinha de Taubaté. Porto Alegre: L&PM.

VIANA, Arievaldo. 1999. Encontro de FHC com Pedro Álvares Cabral. Fortaleza: Gráfica Simões.

ZENIO, Francisco. 2000. Carta de Pero Vaz de Caminha. S.l.: Fundação Ulisses Guimarães.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Revista Investigações - Linguística e Teoria Literária. Programa de Pós-graduação em Letras da Universidade Federal de Pernambuco.

ISSN Edição Digital 2175-294X - ISSN Edições Impressas 0104-1320

www.ufpe.br/pgletras - www.pgletras.com.br 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.