Da fala para a escrita: o caso de provérbios e expressões populares

Hudilson Urbano

Resumo


O presente artigo objetiva abordar aspectos da chamada fraseologia popular brasileira, enfocando em particular o uso e a reenunciação de provérbios e expressões populares, retextualizados ou não, expandidos da linguagem falada corrente para textos escritos, literários ou não, cultos ou não. Fazemos algumas reflexões preliminares sobre a criação, natureza, espírito e circulação desses recursos, considerados de inspiração e uso extremamente populares. Demonstra-se, também, o trânsito desses recursos entre as várias áreas, níveis e gêneros lingüísticos.

Texto completo:

PDF

Referências


AZEVEDO, Arthur N.G. Amor por anexins. Lisboa: s/d.

ASSIS, Machado de. 1963. Contos Escolhidos. São Paulo: Edições Miniatura, v. IV.

BRAIT, Beth. 1995. O processo interacional. In: PRETI, D. (org.). Análise de Textos Orais. São Paulo: FFLCH/USP/Humanitas.

CABELLO, Ana Rosa Gomes. 1988. A gíria como linguagem literária em contos de João Antônio. Bauru: Universidade Sagrado Coração.

COSTA, Arlete Mendes. 2006. Expressividade em frases feitas: uma análise da peça Burundanga de Luís Alberto de Abreu. Dissert. de Mestrado, FFLCH/USP

CRUZ, Antônio de Abreu. 1960. Aspectos comunicativos da Língua. Alma Mater 5-6, Universidade Católica de Minas Gerais. Belo Horizonte: Ed. São Vicente.

DIAS, Ana Rosa Ferreira. 1996. O discurso da violência — as marcas de oralidade no jornalismo popular. São Paulo: Cortez.

DURANTE, Denise. 2008. Entre a fala e a escrita: a representação da oralidade como estratégia argumentativa em anúncios publicits. Doutorado FFLCH/USP.

FEVEREIRO, Jô. 2006. A cartomante. São Paulo: Esc. Educacional. Coleção Literatura Brasileira em Quadrinhos.

FONTES FILHO, Aristides. 2006. O dito pelo não dito: dicionário de expressões idiomáticas. São Paulo: Libra Três.

FRAGA, Antonio. 1999. Desabrigo e outros trecos. Rio de Janeiro: Relume Dumará.

FUSARO, Karin. 2001. Gírias de todas as tribos. São Paulo: Panda

LEITE, Marli Quadros. 2008. Preconceito e intolerância na linguagem. São Paulo: Contexto.

MAGALHÃES Jr., Raimundo. 1974. Dicionário brasileiro de provérbios, locuções e ditos curiosos. Rio de Janeiro: Ed. Documentário.

MATTOSO, Glauco. 2008. Porca miséria! Caros Amigos 134.

MOURA, Ivone de. 1955. Por outras palavras — Dicionário das frases idiomáticas mais usadas na Língua Portuguesa. Lisboa: Leão.

NÓBREGA, Marlene Assunção. 2008. Quando os provérbios dão a manchete: a oralidade no texto jornalístico escrito — O caso Jornal da Tarde. Tese de Doutorado, FFLCH/USP

PESSOA, Flávio et al. 2008. A cartomante. Rio de Janeiro: Jorge Zahar. PINTO, Edite Pimentel (org.). 1994. O escritor enfrenta a língua. São Paulo: FFLCH/USP — ______. (org.). 1978. O Português do Brasil: textos críticos e teóricos. 1 — 1820 —1920. Fontes para a teoria e a história. Rio de Janeiro: Livros Técnicos e Científicos. São Paulo: Edusp.

______. (org.). 1981. O Português do Brasil: textos críticos e teóricos. 2 — 1920 —1945. Fontes para a teoria e a história. Rio de Janeiro: Livros Técnicos e Científicos. São Paulo: Edusp.

REVISTA Língua Portuguesa 15. São Paulo: Editora Segmento, agosto/2007.

______. 31. São Paulo: Editora Segmento, meio/2008.

______. 33. São Paulo: Editora Segmento, junho/2008.

SILVA, Felisberto da. 1974. Dicionário de gíria — 5ª ed. São Paulo: Prelúdio

SPINA, Segismundo. 2006. Uso e abuso da linguagem: a vacuidade sonora. FFLCH/USP.

TOGNOLLI, Cláudio Julio. 2001. A sociedade dos chavões. Presença e função do lugar-comum na comunicação. São Paulo: Escritura Editora.

URBANO, Hudinilson.2002. Uso e abuso de provérbios. In: PRETI, D. (org.). Interação na fala e na escrita. São Paulo: Humanitas. Projetos Paralelos, NURC/SP, v. 5.

______. 2006. Usos da linguagem verbal. In: PRETI, D. (org.). Oralidade em diferentes discursos. São Paulo: Humanitas. Projetos Paralelos, NURC/SP, v. 8.

______. 2008. Cortesia na literatura: manifestações na interação com o leitor. In: PRETI, D. (org.). Cortesia Verbal. São Paulo: Humanitas. Projetos Paralelos, NURC/SP, v. 9.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Revista Investigações - Linguística e Teoria Literária. Programa de Pós-graduação em Letras da Universidade Federal de Pernambuco.

ISSN Edição Digital 2175-294X - ISSN Edições Impressas 0104-1320

www.ufpe.br/pgletras - www.pgletras.com.br

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.