A dialética do amor em fragmentos poéticos (notas sobre Beijo na Boca de Cacaso)

Débora Racy Soares

Resumo


Esse trabalho apresenta uma breve discussão do livro Beijo na Boca, escrito por Cacaso. Sua lírica de desamor é pensada baseada em diferentes pontos de vista. Algumas idéias extraídas da Dialética Negativa de Adorno podem nos ajudar a entender melhor a concepção de amor em Cacaso. A discussão de Kierkegaard sobre a ironia e a dialética também será considerada. Por último, analisamos alguns poemas, confrontando-os com o ideal de amor em Platão. Acreditamos que o esforço de Cacaso mostra o desejo de salvar o diferente, o não-idêntico em versos. Ao fazê-lo, ele é capaz de salvar sua própria identidade.

Texto completo:

PDF

Referências


ADORNO, Theodor. 1993. Minima Moralia. Tradução de Luiz

Eduardo Bicca. São Paulo: Ática.

BARTHES, Roland. 1991. Fragmentos de um Discurso Amoroso.

Tradução de Hortênsia dos Santos. Rio de Janeiro: Francisco Alves.

BRITO, Antônio Carlos de. 1975. Beijo na Boca. Rio de Janeiro: Vida

de Artista [2ª. edição, Rio de Janeiro: 7Letras, 2000].

______. 1997. Não Quero Prosa. Organização de Vilma Arêas.

Campinas: Editora da UNICAMP; Rio de Janeiro: Editora da UFRJ.

HEGEL, Georg Wilhelm Friedrich. 2001. Cursos de Estética (vol. I).

Tradução de Marco Aurélio Werle. São Paulo: Editora da Universidade de

São Paulo.

HOLLANDA, Heloísa Buarque de. 1992. Impressões de Viagem: CPC,

Vanguarda e Desbunde, 1960-1970. Rio de Janeiro: Rocco.

KIERKEGAARD, Soren Aabye. 2005. O Conceito de Ironia:

Constantemente Referido a Sócrates. Tradução de Álvaro Luiz

Montenegro Valls. Bragança Paulista, São Paulo: Editora Universitária

São Francisco.

LEBRUN, Gérard. 1998. O Avesso da Dialética: Hegel à luz de

Nietzsche. Tradução de Renato Janine Ribeiro. São Paulo: Companhia

das Letras.

NOBRE, Marcos. 1988. A Dialética Negativa de Theodor W. Adorno:

a Ontologia do Estado Falso. São Paulo: Iluminuras.

PEREIRA, Carlos Alberto Messeder. 1981. Retrato de Época: Poesia

Marginal Anos 70. Rio de Janeiro: FUNARTE.

PLATÃO. Diálogos/Platão. 1983. Seleção de José Américo Motta

Pessanha. Tradução de José Cavalcante de Souza, Jorge Paleikat, João

Cruz Costa. São Paulo: Abril Cultural.

RILKE, Rainer Maria. 2000. Cartas a um Jovem Poeta: a Canção de

Amor e de Morte do Porta-Estandarte Cristóvão Rilke. Tradução de Paulo

Rónai e Cecília Meireles. São Paulo: Globo.

ROUGEMONT, Dennis de. 2003. A História do Amor no Ocidente.

Prefácio de Marcelo Coelho. Tradução de Paulo Brandi e Ethel Brandi

Cachapuz. São Paulo: Ediouro.

SELIGMANN-SILVA, Márcio Orlando. 2003. Adorno (Folha Explica).

São Paulo: Publifolha.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Revista Investigações - Linguística e Teoria Literária. Programa de Pós-graduação em Letras da Universidade Federal de Pernambuco.

ISSN Edição Digital 2175-294X - ISSN Edições Impressas 0104-1320

www.ufpe.br/pgletras - www.pgletras.com.br

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.